[object Object]
29.03.2021POR Ana Domingues

AAC alia-se a UC e Re-Food para combater desperdício alimentar

O protocolo é mais um passo para uma maior proximidade entre a Academia e a cidade de Coimbra, um dos principais objetivos do atual mandato da DG/AAC.

A Associação Académica de Coimbra (AAC), os Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC) e a associação Re-Food 4 Good assinaram hoje, dia 26, o protocolo de colaboração “Refeição (de)vida”, um projeto pioneiro de combate ao desperdício alimentar e à exclusão social.

Este “protocolo tripartido”,  pretende combater o desperdício alimentar, promovendo a doação direta de alimentos excedentes das unidades dos SASUC. Através da colaboração com a AAC e da distribuição realizada pela ReFood, os excedentes serão entregues a indivíduos que vivam em situações de vulnerabilidade extrema, como explicou o presidente da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra, João Assunção.

Em nota de imprensa, o Vice-Reitor da Universidade de Coimbra para a Qualidade, Desporto e Serviços de Ação Social, António Figueiredo afirma que “a UC encara esta parceria como uma obrigação cívica e humana, que se inscreve na sua missão mais elementar”.

Para o presidente da ReFood, Hunter Halder, é um orgulho “ter parceiros que assumiram a sua responsabilidade social e ambiental em prol de um mundo melhor”.

Esta iniciativa é mais um esforço da AAC em apoiar a comunidade da cidade de Coimbra, que tem passado mais dificuldades devido à nova realidade pandémica que vivemos. Para o presidente da DG/AAC, este protocolo vem “mitigar os impactos socioeconómicos da pandemia”.

O Vice-Reitor afirma ainda que “esta parceria assume uma importância extrema independentemente da fase da vida económica e social que o país atravesse, mas, na atual conjuntura, esta necessidade é ainda maior”.

Para João Assunção, um dos principais objetivos do atual mandato da DG/AAC é a aproximação da Academia e dos estudantes com o município, e que estes “retribuam a receção que a cidade de Coimbra faz”. Por isso, a assinatura deste protocolo é “mais um passo neste caminho”, o “mais correto e urgente”.

Em nota final, o presidente da DG/AAC apela aos estudantes para participarem enquanto voluntários, nesta ou em qualquer outra iniciativa, que podem encontrar na plataforma UCTransforma.

O projeto “Refeição (de)vida” vai abranger, inicialmente, as cantinas do Pólo I, Pólo II e Estádio Universitário, sendo o objetivo final a expansão a todas as unidades alimentares dos SASUC, aproximando a Universidade de Coimbra do Desperdício Zero neste domínio.

PARTILHAR: