Imagem principal
19.03.2021POR Isabel Simões

Município de Coimbra apoia INE na realização do Censos 2021

Em Abril de 2021 o Instituto Nacional de Estatística (INE), vai realizar o XVI Recenseamento Geral da População e o VI Recenseamento Geral da Habitação que conhecemos como CENSOS 2021.

Autarquias têm um papel importante no processo, e as reuniões preparatórias também já começaram no Município de Coimbra. Carina Gomes, vereadora da Cultura tem sido a representante do Município junto do INE. No final da última reunião do executivo deu-nos conta do andamento dos trabalhos e adiantou quais  os apoios que o Município de Coimbra vai disponibilizar.

O processo de candidatura de coordenadores, subcoordenadores e recenseadores já terminou em 21 de fevereiro. Seguiu-se o processo de seleção e formação. Carina Gomes informou que a data de referência para o preenchimento dos inquéritos vai ser o dia 19 de abril.

Os questionários dos Censos 2021 foram desenvolvidos para diferentes suportes: internet, internet-mobile e papel. Passaram dez anos desde o último recenseamento da população portuguesa. Este ano a metodologia “vai ser diferente”, revelou a vereadora.

De acordo com o sítio da Internet do INE vai ser ainda possível a recolha da informação através do preenchimento de questionários em papel através de um contacto via recenseador. A possibilidade de resposta telefónica vai também existir mas para grupos com dificuldades em responder ou com impedimento de contacto presencial, nomeadamente por razões de saúde pública.

Carina Gomes informou que as forças de segurança também foram incluídas no processo.

Cada Junta ou União de Freguesia vai carimbar os cartões de identificação dos seus recenseadores para que as pessoas o reconheçam e confiem, explicou a autarca de Coimbra.

Para os casos em que a população não tem possibilidade de responder pela internet está prevista a alternativa de apoio a este modo de resposta nas Juntas de Freguesia através de um e-balcão.

Os Censos vão “contar todos os cidadãos e famílias residentes no território nacional, bem como todos os alojamentos e edifícios destinados à habitação”, lê-se no sítio da internet do INE. De acordo com Carina Gomes tudo está a ser preparado para que corra sem “incidentes”.

Fotografia: INE

PARTILHAR: