[object Object]
02.03.2021POR Pedro Andrade

Miguel Franco: “Qualquer clube saudável tem de se financiar com a formação”

O Observatório desta terça-feira (2 de março) contou com o comentário à atualidade do presidente do Conselho Desportivo da Associação Académica de Coimbra (CD/AAC), Miguel Franco.

Miguel Franco abordou as dificuldades que a pandemia e em especial o novo confinamento trouxeram ao desporto da Académica. Confrontado com o os resultados do estudo levado a cabo pela Direção Geral da AAC, o presidente do Conselho Desportivo admitiu que esta situação levou a uma incontornável quebra do número de atletas mas ressalvou que é tempo de as várias estruturas da Académica se unirem de forma a angariar novos membros e recuperar pelo menos alguns dos que abandonaram. Para isso Miguel Franco considera fundamental perceber as razões que levaram à saida das secções.

A quebra de receitas foi outro dos temas abordados, com o presidente do CD/AAC a lembrar que essa perda de receita não foi acompanhada por uma quebra nas despesas, uma vez que as secções mantém custos com funcionários, inscrições e seguros de atletas. Já no que toca aos espaços, Miguel Franco lembrou que há agora condicionantes acrescidas na utilização de espaços que não sejam da gestão da AAC. Assim o presidente do Conselho Desportivo garantiu que está a ser feito um esforço para dotar o Pavilhão Jorge Anjinho com todos os equipamentos necessários.

Miguel Franco deixou ainda o apelo a que todos participem ativamente no desporto da Académica, seja como atletas ou voluntários.

A entrevista pode ser escutada aqui em formato podcast.

PARTILHAR: