8/07/19

FCTUC cria software capaz de identificar emoções em peças musicais

Uma equipa de investigação da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) criou um programa informático que permite avaliar os tipos de emoções que cada música nos transmite.

O docente do Departamento de Engenharia Informática da FCTUC, Rui Pedro Paiva, coordenou o projeto para a criação do software capaz de identificar as emoções presentes na música que escutamos. O projeto surgiu em 2010 para resolver um problema da indústria musical em catalogar de forma quase automáticas bases de dados musicais de grandes dimensões. O investigador rui Pedro Paiva explicou como é feita na atualidade a criação de catálogos digitais de música, e como esta ferramenta pode ter uma aplicação tanto científica como económica.

Este produto ainda é um protótipo, bastante longe de uma versão final que possa ser comercializada. Para o investigador, uma das aplicações mais imediatas desta tecnologia é a criação de playlists de músicas que tenham em conta as emoções transmitidas aos ouvintes.

O projeto utiliza a técnica de machine learning, uma forma de inteligência artificial. O investigador cria modelos computacionais que aprendem com exemplos introduzidos pelo próprio programador, como o que é uma música alegre ou uma música depressiva. Na comunidade científica já existiam trabalhos de deteção automática do género musical, mas faltava a criação de software que permitisse analisar aspetos mais complexos das músicas, como crescendos ou vibratos.

A criação do programa informático contribuiu para que os alunos Renato Panda e Ricardo Malheiro concluíssem as suas teses de doutoramento, ao mesmo tempo que permitiu a vários estudantes de licenciatura e mestrado ganhar experiência na área. Renato Panda analisou as emoções presentes nas melodias e Ricardo Malheiro criou algoritmos para analisar a expressividade das letras.

Os próximos passos do projeto passam pela exploração de músicas contendo vários tipos de emoções. Também se pretende expandir as bases de dados que são utilizadas para ensinar os modelos matemáticos a distinguir várias emoções.

David Coelho

3
21
24
0
GMT
GMT
+0000
2019-07-17T21:24:00+00:00
Wed, 17 Jul 2019 21:24:00 +0000