24/03/20

COVID-19: Ponto de situação a 24 de março

O Boletim Epidemiológico da Direção-Geral da Saúde de hoje relata mais 302 casos de infeção pelo novo coronavírus em Portugal, um aumento de cerca 15% em relação ao boletim de ontem.

Fonte: DGS

O número total de casos suspeitos sobe agora para os 15 474. Do número total de casos suspeitos do Boletim publicado hoje, cujos dados se referem ao dia de ontem, 2362 correspondem ao total de casos confirmados, 11 329 correspondem a casos cujas análises à COVID-19 deram negativo e 1783 aguardam os resultados das análises ao novo coronavírus.

Sob a vigilância das Autoridades de Saúde Pública estão 11 842 contactos.

A distribuição geográfica dos casos é atualmente de 1130 casos e 14 mortes na região Norte, 293 casos e 6 mortos na região Centro, 852 casos e 12 mortes na região de Lisboa e Vale do Tejo, 6 casos no Alentejo, 46 casos e uma morte no Algarve, 12 casos nos Açores, 11 casos na Madeira e 11 casos de portugueses com residência no estrangeiro.

Em internamento estão 203 pessoas, 48 delas em Unidades de Cuidados Intensivos.

Existem agora mais 8 casos recuperados totalmente da COVID-19 em Portugal, perfazendo um total de 22 recuperações. Estes recuperados distribuem-se em 3 na região Norte, 8 na região Centro e 11 na região de Lisboa e Vale do Tejo.

Foi introduzida hoje a caracterização demográfica dos casos confirmados, relativa a 54% dos casos confirmados, sendo que o distrito de Coimbra conta com 34 casos no concelho de Coimbra, 3 casos em Condeixa-a-Nova e 3 casos em Soure.

O Boletim Epidemiológico passa agora a conter uma caracterização de grupo etário dos óbitos ocorridos, sendo que 26 são de pessoas acima dos 70 anos de idade.

Em conferência de imprensa, o secretário de estado da Saúde, António Lacerda Sales afirmou que a abordagem dos casos suspeitos de COVID-19 será diferente já a partir de dia 26, em preparação do Sistema Nacional de Saúde para a fase de Mitigação da doença.

O Subdiretor-Geral da Saúde, Diogo Cruz, explicou que esta nova norma a entrar em vigor irá alargar o número de testes a serem realizados diariamente.

Segundo a nova norma, todos as pessoas que apresentem apenas um dos sintomas da COVID-19, como a tosse, febre ou falta de ar, serão consideradas suspeitas como casos suspeitos do novo coronavírus.

Esta norma vem ainda apresentar um complemento à Linha SNS24 através de linhas telefónicas criadas especificamente para a COVID-19, pelas Administrações Regionais de Saúde, de Unidades de Saúde Familiar ou de Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados, que serão divulgadas localmente.

Notícia atualizada às 16:56 com a nova versão do Boletim Epidemiológico da Direção-Geral da Saúde de hoje

Segundo a Direção-Geral da Saúde o óbito registado nos Açores e noticiado anteriormente testou negativo para a COVID-19.

Daniela Silva

1
21
42
0
GMT
GMT
+0000
2020-04-06T21:42:18+00:00
Mon, 06 Apr 2020 21:42:18 +0000