28/02/20

Secção de Fado relembra a importância das tradições académicas no seu 40º aniversário

Fundada em 1980, a Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra (SF/AAC) celebra seu aniversário de forma a “regressar às origens da sua fundação”, afirma o presidente da SF, Emanuel Nogueira. Com um encontro que reuniu os fundadores e antigos sócios da secção ontem, no Teatro Académico de Gil Vicente, Emanuel Nogueira afirma que foi importante para os novos seccionistas entenderem em que contexto surgiu a secção.

A presença da SF em eventos como a Queima das Fitas (QF) garante, de acordo com Emanuel Nogueira, uma maior visibilidade da secção em comparação a outras da AAC. Entretanto, o presidente da SF sublinha que a adesão de estudantes não é tão abrangente como na época da fundação do secção, e explica que uma das razões é a progressiva perda das tradições conimbricenses.

Conhecida pela Serenata Monumental, a SF tradicionalmente marca as comemorações da QF. Emanuel Nogueira aponta que a história das tradições académicas também devem ser consideradas pelos estudantes.

Ainda no âmbito das comemorações do seu aniversário de 40 anos, a SF vai se apresentar na abertura da Feira Cultural de Coimbra, no dia 5 de junho, além de promover uma exposição em abril. A SF pretende trazer sua música às bancas com a gravação de quatro discos, que vão ser anunciados pela secção.

Ana Laura Simon.

1
21
44
0
GMT
GMT
+0000
2020-04-06T21:44:08+00:00
Mon, 06 Apr 2020 21:44:08 +0000