9/02/20

João Carlos Pereira:”Foi o premiar do esforço desenvolvido nestes meses”

FOTO RUC

A Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC-OAF) venceu este domingo (09) o Desportivo de Chaves, por 1-2, num jogo disputado no Municipal de Chaves. Traquina aos 45 minutos fez o 0-1 e bisou na segunda parte aos 78´. Platiny fez aos 86´ o golo dos flavienses. Com esta vitória a Briosa sobe ao quinto lugar da LigaPro com 31 pontos em 20 jogos disputados.

No final do encontro João Carlos Pereira afirmou que estava satisfeito tal como o estavam os jogadores. Para o treinador da Académica  esta vitória vem premiar o esforço feito ao longo dos meses em que é treinador da equipa. O técnico da Briosa destacou a qualidade do jogo considerando que ela foi superior a muitos jogos da 1ª Liga e que a vitória  foi difícil mas merecida.

João Carlos Pereira confidenciou que o objetivo para este jogo era ter posse de bola. Para o treinador da Académica essa missão era difícil dado que a equipa do Chaves quer habitualmente ter a iniciativa de jogo. Na opinião do técnico da Briosa só faltou manter essa posse de bola nos dez minutos finais do jogo.

No final da partida César Peixoto fez a análise do jogo. O antigo treinador da Académica classificou o resultado como “injusto”. As referências à atitude, ao domínio e à posse de bola que foram usais ao longo da sua passagem em Coimbra foram novamente repetidas, desta vez em Chaves. Apesar da troca de clube, o discurso do antigo internacional português mostrou-se praticamente inalterado em relação àquele que era habitual em César Peixoto enquanto treinador da Briosa.

A Académica volta a jogar no próximo sábado em Coimbra pelas 11:00. O adversário nessa vigésima primeira jornada da LigaPro é o Mafra. Traquina deixou um apelo aos adeptos para estarem presentes nesse jogo.

Som AAC-OAF

Rui Rodrigues

1
2
04
0
GMT
GMT
+0000
2020-04-06T02:04:10+00:00
Mon, 06 Apr 2020 02:04:10 +0000