27/01/20

Coimbra vai acolher obras de arte da Coleção BPN

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado revelou hoje (27), na reunião do executivo camarário, que a cidade vai acomodar obras da coleção de arte do ex Banco Português de Negócios (BPN), no novo Centro de Arte Contemporânea.

Após a reunião, Manuel Machado falou à comunicação social sobre o longo processo negocial para aquisição do imóvel onde vai ser acolhida a Coleção BPN, localizado na Rua Ferreira Borges, no antigo banco Pinto Sotto Mayor.

O presidente da CMC referiu que o local do novo Centro de Arte Contemporânea foi escolhido de forma estratégica, por ser uma zona de passagem de turistas. Situado no coração da cidade, depois do Arco de Almedina, pretende-se que o novo centro de arte funcione como “âncora” para atrair mais visitantes à Baixa da cidade.

Entre os artistas que integram a Coleção BPN encontram-se trabalhos dos artistas plásticos: Júlio Pomar, Helena Almeida, Cargaleiro, Amadeo Souza Cardoso, Júlio Resende, Maria Helena Vieira da Silva, Paula Rego, João Cutileiro, João Cesariny, ou Nadir Afonso. Ainda não há data prevista para a abertura do Centro de Arte Contemporânea.

De acordo com a Agência Lusa as obras de arte da Coleção BPN integradas na Coleção do Estado vão ser apresentadas amanhã, terça-feira (28), numa cerimónia no Forte de Sacavém, em Loures.

Ana Neves 

6
18
34
0
GMT
GMT
+0000
2020-02-22T18:34:22+00:00
Sat, 22 Feb 2020 18:34:22 +0000