13/01/20

João Carlos Pereira: “Convoquei o único central disponível”

A Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC-OAF) venceu este domingo (12), por 3 bolas a zero, o Clube Desportivo da Cova da Piedade em jogo da 16ª jornada da Proliga. O encontro teve lugar no Estádio Cidade de Coimbra pelas 17:15 e os golos da Briosa foram apontados por Traquina, Ricardo Dias e Djoussé.

Na conferência de imprensa do final do jogo, o treinador da AAC-OAF João Carlos Pereira afirmou que a sua equipa atravessa um bom momento. O técnico da Briosa realçou que a equipa tem superado adversários e está a ficar consistente. Para João Carlos Pereira mais importante do que ter marcado é não ter sofrido golos. O treinador da Académica considerou que com este “salto“ na tabela classificativa é agora a altura de capitalizar o momento e ir à procura da próxima vitória.

João Carlos Pereira afirmou que para além da lesão de Zé Castro e do castigo de Silvério teve ainda a contrariedade de ter utilizado  jogadores engripados, jogadores que não treinaram durante a semana para gerir a febre. O técnico da Briosa elogiou os jogadores que  têm ajudado a encontrar soluções e que sentem que podem evoluir e serem melhores.

O treinador da AAC-OAF convocou o único central que tinha disponível.  João Carlos Pereira assumiu que a Académica não tem condições de contratar novos jogadores   e que as soluções têm de ser encontradas dentro do plantel existente. 

Derik Lacerda fez uma luxação no ombro e o treinador da AAC-OAF aguarda mais pormenores do departamento médico. Há 5 jornadas a Académica estava numa zona perigosa da tabela classificativa. João Carlos Pereira afirmou que depois de sair dessa zona a ambição é ainda a mesma, ganhar o próximo jogo qualquer que seja o adversário. 

O jogador Ricardo Dias foi no jogo de hoje adaptado a defesa central por ausência dos habituais titulares.   Na conferência de imprensa afirmou que tinha de ajudar a equipa naquela posição e que se sentiu bem. Ricardo Dias considera que atingir o topo da classificação é difícil, mas a dimensão do clube obriga a equipa a ter objetivos grandes.

A AAC-OAF ocupa neste momento o 7º lugar da LigaPro com vinte e quatro pontos. O 1º classificado é o Nacional da Madeira que tem trinta e três. A Briosa volta a jogar no sábado dezoito de Janeiro no Estoril, atual décimo primeiro classificado com vinte e dois pontos. O jogo tem início marcado para as onze horas e será acompanhado pela equipa de Relatos Ruc.

Rui Rodrigues

5
2
11
0
GMT
GMT
+0000
2020-02-28T02:11:43+00:00
Fri, 28 Feb 2020 02:11:43 +0000