13/12/19

TAUC acredita que vai ser preciso mais espaço

A vice- presidente da Tuna Académica da Universidade de Coimbra (TAUC), Leonor Lopes, em entrevista à RUC, afirmou que a reestruturação do edifício da Associação Académica de Coimbra (AAC), passa pelo aumento do número de salas num outro espaço. Desta forma, contraria a ideia de se retirar a uns para dar a outros.

“A distribuição das salas no edifício” não deveria passar por “tirar salas a uns para dar a outros mas eventualmente aumentar este espaço”, afirma Leonor Lopes

A vice-presidente da TAUC prevê que se venha a ter de aumentar o edifício da AAC, tendo em conta que este está a atingir os limites e que assim já não vai ser suficiente para responder às necessidades da Académica.

“Há muito comercio que poderia ter outro fim” é preciso dinheiro para as coisas funcionarem mas pode-se fazer uma melhor gestão

Segundo Leonor Lopes, para responder ao problema, deve também haver uma melhor organização das áreas comerciais. A vice-presidente, realçou que os espaços ocupados no piso da entrada podiam ser “atribuídos a outras secções”.

A vice-presidente afirma que “este edifico não vai chegar para os anos que vierem” e acredita que “eventualmente se vai ter aumentar ou arranjar outros espaços.”

Leonor Lopes, refere que nos diferentes mandatos o apoio da direção nas secções varia . No entanto, destaca que é complicada a relação entre esta e os organismos da AAC.

A relação com as direções “depende dos anos” e “há direções que têm mais vontade de dinamizar parcerias e outras menos.”

A escola de música da TAUC é a grande aposta para cativar as pessoas que não têm qualquer formação, sendo que, a mesma opera nos mesmos espaços onde decorrem as restantes atividades desta secção. Assim sendo, a vice-presidente realça que medidas devem ser tomadas para resolver o problema da falta de espaço.

Atualmente, a TAUC é constituída por quase 200 pessoas, sendo que o maior grupo trata-se da Orquestra Académica da cidade de Coimbra. Nela estão envolvidas cerca de 70 pessoas.

Pode ouvir a entrevista aqui

Miguel Ferreira e Tiago Espírito Santo

5
15
53
0
GMT
GMT
+0000
2020-04-03T15:53:35+00:00
Fri, 03 Apr 2020 15:53:35 +0000