1/11/19

Aluvião, primeira mostra de Teatro Amador da região chega à Oficina Municipal do Teatro

Cinco estruturas de Teatro amador de concelhos do Baixo Mondego aos quais se junta Tábua, encontram-se na Oficina Municipal do Teatro até amanhã domingo (3) para apresentarem espetáculos de teatro de autores portugueses.

Aluvião, o título aparece por inspiração do rio Mondego e do acontecimento geológico com o mesmo nome. O depósito de sedimentos é metáfora para o que deve ser o trabalho entre comunidades teatrais, assim explicou a diretora do Teatrão, Isabel Craveiro em conferência de imprensa.

O primeiro encontro de teatro e comunidade acontece por parceria entre o Teatrão e a Fundação Inatel. Na conferência de imprensa, a diretora da companhia de Coimbra realçou a atividade das duas estruturas no teatro amador como sendo aquilo que confere sentido ao seu envolvimento na organização do encontro.

Bruno Paixão, em representação da Fundação Inatel, afirmou que a relação com o Teatrão vem robustecer o apoio das iniciativas de teatro amador que a Fundação já promove. A colaboração estruturada favorece as companhias e o seu relacionamento. Este projeto permite responder à necessidade de “acrescentar valor” às companhias amadoras.

O projeto engloba ainda componentes de “acompanhamento e formação”. As companhias que sentirem debilidade na formação de atores, nas componentes artísticas ou técnicas, podem candidatar-se a apoio formativo até ao final de janeiro de 2020. O objetivo é melhor a qualidade das produções e auxiliar à renovação do tecido humano das companhias.

A convocatória para a candidatura é até janeiro de 2020, os projetos devem ser entregues até fim de fevereiro e o acompanhamento e formação deverá estender-se entre março e julho do próximo ano.

As esperanças de Isabel Craveiro são de que este e os futuros encontros se desenrolem na conjugação entre a mostra da produção teatral, o debate e a formação.

Este sábado apresenta-se o Teatro do Meio com As Barcas do Mestre Gil, às 16 horas, às 21h 30 “Maria, Senhora de Mim” pela Pateo das Galinhas. Mais informação aqui.

André Jerónimo

6
1
31
0
GMT
GMT
+0000
2019-11-16T01:31:30+00:00
Sat, 16 Nov 2019 01:31:30 +0000