30/10/19

Rosário Gama: “[idoso] fica logo em uma prateleira social”

Maria Rosário Gama

O comentário à atualidade no Alvorada de hoje (30) ficou à cargo de Rosário Gama, fundadora e ex-presidente da Associação de Aposentados, Pensionistas e Reformados (APRe!).

Esta semana foi marcada, em 28 de outubro, pelo Dia Nacional da Terceira Idade. Questionada sobre as principais necessidades deste grupo, Rosário Gama destaca diversas áreas, como saúde, habitação e segurança. No âmbito da saúde, que considera o mais importante, entende que aumentar a rede de cuidados continuados e paliativos é uma urgência. 

Outra questão destacada pela comentadora é a do isolamento e da violência para com os idosos, dois fatores diretamente relacionados. Para Gama, é necessário que se fale sobre “envelhecimento participativo”, que se insira o idoso em discussões e decisões e que ele não esteja no que chama de uma “prateleira social”. 

Dentro do âmbito da saúde, o Tribunal de Contas Português realizou uma auditoria na ADSE. O relatório aponta que, no ano que vem, o Instituto de Proteção e Assistência na Doença dos funcionários públicos terá défice pela primeira vez. Rosário Gama, que fez parte do Conselho Geral e Supervisão da ADSE, ressalta que essa discussão já vem sendo feita dentro do órgão e que se relaciona com a gestão das isenções concedidas anteriormente.

O envelhecimento foi colocado em destaque nos resultados da auditoria. Houve uma queda de mais de 40% nos beneficiários entre 30 e 40 anos, o que teria um custo de até 8% ao ano. Uma alternativa para combater o défice seria aumentar, em cerca de 300 mil, o número de quotistas, que deveriam ter idade média de 30 anos. Esse aumento seria positivo, mas teria de ser combinado com outras alternativas, diz Rosário Gama. 

Os eurodeputados Nuno Melo, eleito pelo CDS-PP, e Álvaro Amaro, do PSD, votaram ambos contra uma proposta de resolução para aumentar as operações de busca e salvamento de pessoas no Mediterrâneo no parlamento europeu. Foram 290 votos negativos no total, contra 288 positivos. A ex-presidente da APRe! critica fortemente a postura dos políticos portugueses. 

No Alvorada de hoje, que contou com a rubrica Abrimos o Baú, produzida por Rui Rodrigues, também houve tempo para comentar sobre a segurança social portuguesa e as manifestações sociais que têm ocorrido na América Latina, entre outros temas. 

O programa completo está disponível abaixo:

Bibiana Garcez

6
1
28
0
GMT
GMT
+0000
2019-11-16T01:28:02+00:00
Sat, 16 Nov 2019 01:28:02 +0000