8/10/19

Eleitores dão maioria ao PS no distrito de Coimbra. PSD apenas ganha concelhos de Mira e Cantanhede

No distrito de Coimbra, o Partido Socialista (PS) ganhou quinze dos dezassete concelhos. Mira e Cantanhede mantiveram-se fieis ao PSD, que em 2015 tinha concorrido junto com o CDS-PP formando a coligação Portugal à Frente (PàF).

Os eleitores de Tábua, Oliveira do Hospital, Arganil, Góis, Pampilhosa da Serra e Penela deram maioria ao PS quando nas Eleições Legislativas de 2015 a vitória tinha pertencido à PàF.

Com Marta Temido como cabeça de lista, o PS ganha mais um deputado passando de quatro para cinco. O ex-vice presidente da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra, Tiago Martins, número cinco da lista do PS vai assim tomar assento na AR na próxima legislatura.

O Partido Social Democrata perde um deputado ficando agora com três.

Por Coimbra, o Bloco de Esquerda mantém José Manuel Pureza no Parlamento.

O Partido Socialista ganhou o distrito e com o Bloco de Esquerda viu subir o total de votos a nível distrital em relação a 2015.

PS volta a ganhar Município de Coimbra. Desta vez em todas as Freguesias e UF

Em 2019 o concelho de Coimbra voltou a votar PS em todas as freguesias e uniões de freguesia mas o total de votos nos socialistas no concelho diminuiu, em relação a 2015.

No domingo, o PS ganhou em todas as Freguesias e Uniões de Freguesia do Município de Coimbra (UF). Em 2015, as Uniões de Freguesias de São Martinho de Árvore, Antanhol e Assafarge, Coimbra e Santo António dos Olivais atribuíram a vitória à PàF.

Dos partidos ou coligações que já tiveram assento parlamentar e que vão ter na próxima legislatura, o BE, o PAN e o Livre viram subir a votação no total do concelho. O Chega e a Iniciativa Liberal só concorreram em 2019.

Num dia de sol, em Coimbra foram menos os que se dirigiram às mesas de voto no município.

Diferença de resultados do PS por Freguesia ou UF em relação a 2015

O PS ganha o município nas Legislativas de 2019, mas perde votos em relação a 2015. A diminuição de votos é mais expressiva nas uniões de freguesia lideradas por presidentes do PSD.

Em 2019 foram menos os cidadãos que votaram no concelho de Coimbra. No entanto os votos nulos e em branco cresceram em 2019.

Isabel Simões

1
9
40
0
GMT
GMT
+0000
2019-12-09T09:40:06+00:00
Mon, 09 Dec 2019 09:40:06 +0000