16/08/19

RU( @ Sonic Blast 2019 Crónica Final

O fim da nona edição do Sonic Blast Moledo 2019 vem com uma exigência, a décima. Para a dimensão alcançada por este festival, na pequena Moledo, duas coisas ficaram garantidas, por muito que este festival possa crescer, as próximas edições terão o seu sucesso garantido. O facto de haver espaço para toda a gente, sem a massificação dos grandes festivais, e a garantia de qualidade de que qualquer espetador tem condições para ver os concertos. Estes dois fatores são determinantes para quem migra ao Norte para pertencer a um festival cada vez maior na cena nacional, e até internacional, dada a quantidade de bilhetes vendidos para fora de Portugal, inclusivamente a Austrália. Após estas pequenas considerações, falemos um pouco do que é a globalidade do festival, não apenas uma análise dos concertos, mas sim a metafísica de Moledo. A vila foi invadida, no bom sentido, por astros do rock, tanto artistas, como dj`s, bem como os verdadeiros astros, o público que torna esta peregrinação em algo de especial. O convívio é algo sempre determinante para um festival, mas aqui quem foi, foi pela música. Claro que o ambiente foi fantástico e envolvente, mas as pessoas estão pela música, tanto que aguentaram firmes a tempestade que se fez sentir em Monolord, tornando o concerto ainda mais épico.

Sem nos focarmos nas bandas, algo que fomos fazendo ao longo do festival, queremos destacar os The Devil And The Almighty Blues, que ao chegar se sentiram em casa, devido à intempérie que se fez sentir, transportando os noruegueses para a mitologia nórdica. A viagem sensorial pelo Sonic Blast Moledo 2019 teve início com esta grande surpresa e culminou em OM, o concerto mais aguardado e que encerrou em si a melhor experiência musical trazida pela organização ao Sonic, deixando todos os presentes num estado de positiva catarse.

Fotografia de Sonic Blast

Uma nota particular para uma situação que merece destaque, pela positiva. É o Ruivo`s Bar abrir o seu espaço para os after party, prolongando a noite de quem gosta de uma boa festa até de manhã, por forma a preparar o pessoal a dormir na tenda, de costado no chão, ou por onde calhasse. O Ruivo`s é parte integrante do festival e tão bem soube receber a RU(, bem como a organização do festival, à qual desde já agradecemos a hospitalidade.

Aguardamos pela próxima edição com a certeza de que, nem que seja apenas como espetadora, a RU( irá estar presenta. Até para o ano.

Texto de Diogo Barbosa

7
16
32
0
GMT
GMT
+0000
2019-12-15T16:32:07+00:00
Sun, 15 Dec 2019 16:32:07 +0000