9/08/19

RUC @ Sonic Blast 2019 – Warm Up/dia 1

E desta feita, sob uma chuvada intensa, o Sonic Blast regressou a Moledo. A Meca do rock psicadélico pesado voltou a receber mais uma edição do festival com lotação esgotada.

7 de agosto (Warm Up)

Logo a abrir na recepção ao campista no dia 7 com direito a um warm up recheado de boas propostas para aquecer as válvulas. Razzmatazz e Dumbowax abriram as hostilidades no Paredão para logo de seguida o Ruivo`s bar receber Fuzzil, Dr. Space, terminando com o stoner pesado de Gringo, deixando boas indicações para a abertura oficial do festival.

8 de agosto (dia 1)

Fotografia de Iago Alonso

O arranque do primeiro dia, entre quem já tinha assentado arraiais e quem estava a chegar à procura do seu lugar no congestionado parque de campismo, devolveu a atmosfera psicadélica à vila minhota pelas mãos dos Jesus the Snake e High Fighter, desta feita sem palco secundário devido às condições meteorológicas, que fizeram com que todas as bandas passassem para o palco principal. Mesmo com uma pausa de cerca de duas horas e a chuva intensa que se fazia sentir, os ânimos continuaram em alta por entre ponchos e guarda chuvas improvisados. A tarde foi encerrada por MaidaVale e Minami Deutsch, tendo o início da noite ficado a cargo do blues pesadão dos noruegueses The Devil And The Almighty Blues, seguido da voz feminina de Lucifer que abriu as hostilidades para os riffs lentos e vocais limpos de Monolord, debaixo de uma intensa tempestade, incapaz de demover os festivaleiros presentes. De seguida os Earthless regressaram ao palco do Sonic Blast para mais uma viagem coordenada por Isaiah Mitchell. Entre os riffs e solos intermináveis da banda americana, as condições meteorológicas acalmaram progressivamente, abrindo portas para uma atuação dentro daquilo a que os Graveyard nos foram habituando nas suas passagens anteriores por Portugal. A fechar o primeiro dia do festival, os portugueses Solar Corona, que recentemente adicionaram o saxofonista Julius Gabriel ao grupo, num concerto suado dentro daquilo que eram as espectativas de todos os presentes. O after party ficou a cargo dos locutores RU(, Bernardo Matos (Pecado Sonoro) e Diogo Barbosa (Smoker), no Ruivo`s Bar, noite adentro com uma atmosfera bastante viva, própria de quem não se cansa de curtir.

Texto de Nuno Brás e Diogo Barbosa

6
8
53
0
GMT
GMT
+0000
2019-08-24T08:53:45+00:00
Sat, 24 Aug 2019 08:53:45 +0000