15/07/19

Mário Frota: “Talvez haja uma excessiva deificação nas tecnologias”

O Alvorada de hoje (15) contou com comentário à atualidade noticiosa por parte do presidente da Associação Portuguesa de Direito do Consumo (apDC).

Um estudo da Deco analisou 135 máquinas de comida nas universidades portuguesas. Quase dois terços dos produtos seriam considerados proibidos se nas universidades e politécnicos se aplicassem as mesmas regras que já se usam nos hospitais. Mário Frota considera que são necessárias medidas estruturadas e não meros “fogachos”. Para o comentador, esta medida é necessária devido à pobre educação alimentar da população.

Fica hoje disponível a aplicação MAI112, que permite que surdos possam ligar para o serviço de emergência através de videochamada, com atendimento por intérpretes de língua gestual. O presidente da apDC lamenta o tempo de espera entre o anúncio da medida e a sua implementação. Para a medida em si, Mário Frota tem apenas palavras elogiosas. trata-se de “algo extraordinário em termos de inclusão”.


A Airbus admitiu falhas técnicas nos novos aviões da TAP onde têm sido registados maus cheiros e enjoos. O comentador considera “habitual” esta atuação das empresas em que primeiro desvalorizam e rejeitam as críticas, até assumirem as falhas que lhes são imputáveis. O presidente da apDC diz que estas coisas acontecem porque se confia demasiado na infalibilidade das máquinas.

António Calheiros


1
8
22
0
GMT
GMT
+0000
2019-09-16T08:22:11+00:00
Mon, 16 Sep 2019 08:22:11 +0000