8/07/19

Luís Pedro Madeira: “Faz parte deste edifício (AAC) ser solidário e humano”

O comentário à atualidade do Alvorada de hoje (8) esteve a cargo do músico e professor Luís Pedro Madeira.

O Museu Nacional Machado de Castro, em Coimbra, foi ontem integrado na área classificada pela UNESCO como Património Mundial da Universidade de Coimbra, Alta e Sofia. Luís Pedro Madeira recordou o mau tratamento dado ao muito património da cidade. Para o músico e professor há ainda muito para fazer em Coimbra no que toca à conservação e restauro do património existente.

Os discursos do Dia da Cidade de Coimbra nos Paços do Concelho marcados pela descentralização de competências do Estado Central para o Poder Local, família e jovens, nova maternidade, obras interrompidas, apelo ao inconformismo, segurança e amor de quem governa pela oposição. O presidente da Câmara Municipal de Coimbra, Manuel Machado reafirmou a promessa de campanha de a Região Centro vir a ter uma estrutura aeroportuária. Para Luís Pedro Madeira a ideia do Aeroporto não é uma ideia “extravagante”. Contudo para o músico e professor Coimbra deveria ter outras prioridades face ao projeto de Manuel Machado.

A Associação Académica de Coimbra (AAC) e a Universidade de Coimbra (UC) assinaram na semana passada um contrato programa no valor de cerca de 260 mil euros com vista à transferência de verbas de suporte às atividades da AAC para o ano de 2019. Segundo o reitor da UC, Amílcar Falcão, o maior apoio dado pela reitoria à AAC até hoje. A cerimónia pública aconteceu esta tarde, dia 2 de julho, na Sala do Senado da Universidade. O presidente da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra (DG/AAC), Daniel Azenha, durante a cerimónia explicou que as verbas se destinam a apoio a secções culturais, desportivas e outras. No campo do desporto a criação da secção de Boccia foi ontem anunciada aos microfones da RUC. Luís Pedro Madeira diz que faz parte da história da AAC a solidariedade e a humanidade. O músico e professor recordou ainda as limitações de acesso ao edifício da AAC para quem tem limitações motoras.

O cantor brasileiro João Gilberto no passado sábado (6). O artista vivia recluso há muitos anos no apartamento, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Para Luís Pedro Madeira João Gilberto é um nome incontornável da música. O comentador destacou o papel do artista brasileiro como elemento de inovação na indústria musical.



Tomás Cunha

3
21
07
0
GMT
GMT
+0000
2019-07-17T21:07:53+00:00
Wed, 17 Jul 2019 21:07:53 +0000