5/07/19

Portal “O Tempo” revela acordo entre BMG e AAC/OAF

O Portal “O Tempo” anunciou hoje que o Banco BMG tem acordo para a compra da Associação Académica de Coimbra / OAF.

O presidente do banco BMG, Ricardo Guimarães foi entrevistado por uma rádio local onde assumiu que o banco que lidera está “em conversas adiantadas” e que já foi assinado um “memorando de interesse de ambas as partes com a Académica”.

De recordar que no debate eleitoral realizado pela Rádio Universidade de Coimbra no último dia 27 de maio o atual presidente e na altura recandidato, Pedro Roxo, admitiu ter um acordo com um investidor de “renome” mas não relevou o nome do mesmo escudando-se na existência de cláusulas de confidencialidade.

Durante a campanha eleitoral a questão central foi o modelo de gestão do clube. Desde 2013 com a entrada do novo Regime Jurídico das Sociedades Desportivas (RJSD) passou a ser obrigatório o recurso à figura da sociedade desportiva (SD) para a participação numa competição profissional. O RJSD prevê dois modelos possíveis para as Sociedades Desportivas: A Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ), em que o sócio único será obrigatoriamente o clube fundador ( art. 11.º e 14.º do NRJSD) e Sociedade Anónima Desportiva (SAD). Assim, não são possíveis esquemas societários não previstos na lei. Os dois candidatos, Joaquim Reis e Pedro Roxo tinham visões divergentes acerca do modelo de gestão a adotar.

Pedro Roxo, candidato vencedor, propunha a implementação de uma Sociedade Anónima Desportiva para a Académica. O modelo defendido pelo atual presidente necessita de acordo com as suas palavras de um parceiro acionista cujo nome não foi desvendando durante a campanha, mas que iria contrair entre 51% a 70% do capital da sociedade. Aparentemente segundo as últimas informações esse parceiro é o Banco BMG.

Contudo a passagem do modelo atual de uma Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ) para uma Sociedade Anónima Desportiva (SAD) depende de aprovação dos sócios em Assembleia Geral, algo que ainda não se verificou.

Um dos reforços da Académica, Matheus Mancini, chegou a Coimbra de empréstimo do Atlético Mineiro, clube brasileiro da cidade de Minas Gerais e patrocinado pelo banco em questão.

Mais informações na notícia original no link disponibilizado.

Tomás Cunha

5
6
31
0
GMT
GMT
+0000
2019-12-06T06:31:06+00:00
Fri, 06 Dec 2019 06:31:06 +0000