13/06/19

De Arco e Balão Coimbra marcha pelas ruas da Baixa da cidade

Carina Alves, João Santos Costa,
Conceição Cunha, Vítor Marques, Adelaide Forte, Susana Menezes, Afonso Lázaro Pires e Maria de Lurdes Machado

As Marchas Populares voltam pela décima vez a desfilar pelas ruas da Baixa da Cidade de Coimbra, na próxima sexta-feira, dia 14.

O presidente da Agência de Promoção da Baixa de Coimbra (APBC), ontem (11), em conferência de Imprensa, afirmou que os objetivos de sempre se mantêm:atrair o maior número de pessoas ao espaço


A partir das 21 horas a Praça do Comércio e a Praça 8 de Maio acolhem os marchantes de coletividades de Coimbra e de concelhos vizinhos. Carla Alves da APBC explica que o roteiro pretende que toda a gente possa assistir sem que os espetáculos se prolonguem “até muito tarde”.


Do Bairro de Celas em Santo António dos Olivais vão chegar as varinas que em tempos passados traziam da Figueira da Foz o peixe para vender em Coimbra. Da Freguesia de Cernache, o “Bosque Encantado” retrata o Colégio da Imaculada Conceição (CAIC) e os “namoricos” no lago do CAIC. A Marcha Popular de Eiras divulga uma tradição antiga revelada por um historiador que é também ensaiador, São Tiago vem à festa. Representantes destas zonas da cidade marcaram presença na conferência de Imprensa.
Vítor Marques revela que a Marcha Infantil de Moinhos é a primeira a atuar na Praça do Comércio e a da APPACDM de Soure abre a noite na Praça 8 de Maio. Ambas começam às 21 horas


Afonso Lázaro Pires vai estar mais uma vez na Praça 8 de Maio a apresentar o desfile. Ao mágico Tiago Melo cabe a apresentação na Praça do Comércio. Afonso Lázaro destaca a afluência de público à cidade na noite das Marchas Populares.


As associações contribuem com os fardamentos e para isso sorteiam rifas em quermesse, realizam festas, jantares ou viagens para angariar fundos. Muitas vezes são os marchantes que compram e fazem as próprias roupas com que desfilam.

Não é fácil conseguir todos os pares devido à falta de participação de elementos do sexo masculino, confessa João Santos Costa, do Grupo Artístico de Ribeira de Frades.


São 18 as as instituições que participam no 10º Desfile das Marchas Populares da Baixa de Coimbra. O Terreiro da Erva, a Rua da Sofia, Visconde da Luz e Portagem são outros pontos de atuação dos grupos.
Em simultâneo está a decorrer até 15 de junho, a Festa da Sardinha nos 37 restaurantes aderentes.

Isabel Simões

4
12
46
0
GMT
GMT
+0000
2019-06-27T12:46:39+00:00
Thu, 27 Jun 2019 12:46:39 +0000