6/06/19

Coimbra organiza encontro para “Desafiar a Inclusão”

Fotografia: gentileza APPACDM | Inês Duarte

A iniciativa tem como objetivos capacitar e sensibilizar dirigentes, técnicos e estudantes, para diversas preocupações de quem “con(vive)” com a deficiência.

O evento decorre dia 14 de junho, no Auditório do Instituto de Emprego e Formação Profissional – Delegação Regional do Centro, na Zona Industrial da Pedrulha, em Coimbra.

Durante a tarde de hoje, em conferência de imprensa, na Casa de Chá, no Jardim da Sereia, a presidente da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental de Coimbra (APPACDM de Coimbra), Helena Albuquerque, destacou a motivação para a escolha dos temas do seminário “Desafiar a Inclusão”.


A Lei do Maior Acompanhado aprovada em fevereiro pela Assembleia da República é um dos assuntos em análise na manhã de sexta-feira (14). A psicóloga da Associação de Paralisia Cerebral de Coimbra (APCC), Teresa Paiva, realçou a importância de ter um painel com juristas como Filomena Girão e Marlene Miranda.


A falta de Lares Residências e de Residências Autónomas no país, para apoio ao deficiente e família, é assunto prioritário, a carecer resolução. O presidente da APCC, Filipe Oliveira, lamentou que os rácios indicados pela Segurança Social sejam “curtos” e que os apoios ao funcionamento não sejam adequados às necessidades diárias. As instituições têm dificuldade em recrutar recursos humanos para um trabalho “exigente” em termos físicos e psicológicos, disse.


No dia 14, durante a manhã, vão estar também em análise o modelo de Apoio à Vida Independente e a Nova Lei de Bases para a Educação Inclusiva.

A tarde inicia com um painel sobre “Burnout dos Cuidadores”, logo seguido do projeto Life. Por fim, o sexto painel, vai procurar responder à pergunta “quando eu partir… o que será do meu filho(a)!”

A pausa para café da manhã fica a cargo dos alunos da APCC, a da tarde aos colaboradores da APPACDM de Coimbra.

A iniciativa “Desafiar a Inclusão” vai ser organizada pelas entidades que formam um dos grupos de trabalho da Rede Social de Coimbra constituído pela Associação de Famílias Solidárias com a Deficiência – Cavalo Azul, pela APPACDM de Coimbra, APCC e Câmara Municipal de Coimbra (CMC).

Para o encontro foram convidadas as 25 entidades que trabalham a temática da deficiência no Município de Coimbra, revelou o representante da Divisão de Educação e Ação Social da CMC, Jorge Ferreira.

O seminário é aberto mas de inscrição obrigatória em formulário próprio para o efeito.

Isabel Simões

7
18
47
0
GMT
GMT
+0000
2019-09-22T18:47:45+00:00
Sun, 22 Sep 2019 18:47:45 +0000