3/06/19

Joaquim Reis e as eleições na AAC/OAF: “Resultado não envergonha”.

Foto Jornal Record

Joaquim Reis foi derrotado nas eleições para presidente da Associação Académica de Coimbra/ Organismo Autónomo de Futebol (AAC/OAF). O candidato pela Lista B com o lema “Por uma Académica Soberana” comentou por volta das 01:30 deste domingo o resultado das eleições. Felicitou o vencedor Pedro Roxo e todos os sócios que votaram. O médico dentista afirmou que a sua lista alcançou um resultado “que não nos envergonha”.

No debate tido a 27 de Maio na Rádio Universidade de Coimbra (RUC), o então candidato a dirigir a AAC/ OAF nos próximos 3 anos defendeu um modelo de gestão baseado no atual, Sociedade Desportiva Unipessoal por Quotas (SDUQ), mas melhor gerido. Questionado sobre a posição que vai assumir na discussão da futura Sociedade Anónima Desportiva (SAD) para gerir ao AAC/OAF, Joaquim Reis afirmou que vai aguardar como todos os associados por informações detalhadas sobre todo o processo.

Joaquim Reis obteve nas eleições para a direção do OAF um total de 507 votos contra 751 de Pedro Roxo.

Os candidatos da Lista B ao Conselho Fiscal, Joaquim Geraldes Freire, e à Mesa da Assembleia Geral, António Pires Preto, também não foram eleitos.

Rui Rodrigues

4
12
11
0
GMT
GMT
+0000
2019-06-27T12:11:30+00:00
Thu, 27 Jun 2019 12:11:30 +0000