20/05/19

Projeto da FCTUC propõe aumentar a eficiência na produção de energia eólica

As atuais torres que transformam a energia do vento são consideradas pequenas para aumentar a eficiência da energia eólica. Para Carlos Rebelo, líder do projeto europeu SHOWTIME e docente e investigador do Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, a solução passa por aumentar a dimensão das torres. As torres atuais têm entre 100 a 120 metros de altura, e Carlos Rebelo propõe uma dimensão de 220 metros.

Além disso, o projeto propõe uma torre híbrida, constituída por uma parte tubular e outra em treliça, sistema metálico com uma série de barras triangulares já usado nas torres de suporte elétrico. O transporte e a montagem das torres são algumas mais valias apontadas por Carlos Rebelo.

Para o líder do projeto é mais importante aumentar a potência da energia do vento e torná-la em energia útil do que aumentar a eficiência na produção de energia eólica.

O facto de as torres passarem a ser mais eficientes faz com que sejam necessárias menos torres, o que representa menos custos quer na fabrico quer no transporte.

Durante a execução do projeto foram realizados testes e criado um protótipo. A equipa aguarda agora a possibilidade de testar a tecnologia à escala real.

Mónica Rego

7
18
14
0
GMT
GMT
+0000
2019-09-22T18:14:32+00:00
Sun, 22 Sep 2019 18:14:32 +0000