9/05/19

QF’19: Festa e Segurança são preocupação da Queima das Fitas de Coimbra

Pessoas embriagadas, pequenos desacatos e outros excessos são sinónimos de ambientes de festa de massas. Todos os anos, as noites do parque da Queima das Fitas de Coimbra contam com a ajuda da Cruz Vermelha Portuguesa – delegação de Coimbra e da Segurança, para lidar com todas as situações.

O médico coordenador da equipa da Cruz Vermelha, Sérgio Santos, à conversa com a RUC indicou a média de incidentes que ocorrem por noite no recinto, e referiu alguns dos procedimentos para lidar com eles.

Tendo em conta as passadas edições da Queima das Fitas, o médico referiu que a tipologia dos incidentes se tem alterado, são cada vez menos os casos de alcoolismo e mais os incidentes relacionados com pequenos traumas ou drogas.

O supervisor da Equipa de Segurança XL, Nuno Cordeiro, referiu algumas das alterações para aumentar a segurança deste ano na Queima das Fitas de Coimbra. Em destaque, a nova medida de distribuição das pessoas nas bilheteiras para obter uma entrada mais organizada.

O coordenador de segurança, Carlos Braga, à conversa com a RUC indicou algumas preocupações que as pessoas devem ter à entrada do parque, para poderem ter uma experiência mais segura e festiva.

Na atual edição da Queima das Fitas, as instalações da Cruz Vermelha estão ao lado direito da entrada do recinto. Os seguranças estão espalhados por todo o recinto e estão disponíveis para ajudar e orientarem todas as pessoas.

Pedro Figueira

5
19
12
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-24T19:12:41+00:00
Fri, 24 May 2019 19:12:41 +0000