29/03/19

Festival Santos da Casa traz a Coimbra o que de bom se faz na música portuguesa

Cartaz da XXI edição do Festival Santos da Casa

Arranca hoje o Festival Santos da Casa. Já lá vão 21 anos desde que Fausto da Silva e Nuno Ávila quiseram levar a música para fora dos estúdios da Rua Padre António Vieira. Pelo caminho ficam centenas de concertos e projetos que, a convite da Rádio Universidade de Coimbra, atuaram um pouco por toda a cidade.

Herr Doktor é o projeto escolhido para abrir a programação. Fausto da Silva, locutor da RUC, explica o que podemos esperar do espetáculo no pinga amor.

O programa estende-se ao longo de todo o mês de abril. Destaca-se a estreia dos projetos Miramar e Um ao Molhe, a passagem de homem ao mar pelo Liquidambar e os três concertos que trazem Daniel Catarino, Little Friend e Oba Sima ao corredor da RUC.

Em 2019, repete-se a parceria com a Sofar Sounds, mas há também espaço para novidades. Pela primeira vez, duas exposições, da autoria de João Duarte e Adriana Boiça Silva, contam a história do festival. As mostras inauguram no próximo domingo e vão estar patentes no Salão Brazil e Casa das Artes Bissaya Barreto.

O festival começou há 21 anos, na altura dentro das paredes do edificio da associação académica de coimbra. Desde então cresceu e, todas as edições, procura visitar novos espaços da cidade.

A comemorar o vigésimo primeiro aniversário, o Santos da Casa mantém o objetivo inicial, como explica o locutor.

O Festival Santos da Casa vai prolongar-se até dia 13 de abril. A estreia acontece esta noite, pelas 23h, no Pinga Amor, ao som de Herr Doktor e Nuno Ávila.

Teresa Borges

5
6
09
0
GMT
GMT
+0000
2019-12-06T06:09:53+00:00
Fri, 06 Dec 2019 06:09:53 +0000