27/03/19

Rafael Santos: “1% para a cultura é completamente aceitável e razoável”

O comentário à atualidade noticiosa no Alvorada de hoje (27) esteve a cargo do presidente e da 1ª secretária do Teatro dos Estudantes da Universidade de Coimbra (TEUC), Rafael Santos e Inês Gonçalves.

Hoje é o Dia Mundial do Teatro. Rafael Santos e Inês Gonçalves referiram-se a diversas iniciativas que assinalam a data e Inês Gonçalves fez o lançamento da próxima produção do TEUC.

O ano de 2018 ficou marcado pela reivindicação dos agentes culturais para um reforço no financiamento da cultura e das artes. Os comentadores partilharam que também sentem as dificuldades de financiamento, tanto diretamente como através das entidades parceiras com que colaboram. Rafael Santos defende que 1% do orçamento de estado deve ser atribuído à cultura

Para Inês Gonçalves, o financiamento insuficiente da cultura leva a uma precarização do sector. A comentadora partilha o seu testemunho pessoal.

Foi ontem aprovada no Parlamento Europeu a nova diretiva dos direitos de autor. O texto final aprovado permite aos autores de conteúdos cobrar às plataformas online que os disponibilizarem, mesmo que a partilha ou carregamento tenha sido feita por terceiros. Rafael Santos considera que os impactos que este nova diretiva terá na forma como a internet é utilizada têm sido subavaliados. Para o presidente do TEUC, esta é uma má notícia que terá poucos beneficiários.

No Alvorada de hoje também se pôde ouvir a rubrica “cinco minutos na vida de uma mulher”. No episódio de hoje, Isabel Simões fala com Inês Dantas, uma das ex-alunas do Departamento de Arquitetura (DARQ) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra que esteve presente ontem a celebrar os 30 anos do DARQ no Auditório da Reitoria.

Ana Rita Coelho, Tiago Oliva e António Calheiros

4
4
59
0
GMT
GMT
+0000
2019-08-22T04:59:31+00:00
Thu, 22 Aug 2019 04:59:31 +0000