22/03/19

“Voyagers – Descaminhos do Improviso” celebra a 21ª Semana Cultural da UC

A apresentação “Voyagers – Descaminhos do Improviso” vai decorrer amanhã, no jardins do Circulo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC), próximo às escadas Monumentais. O espetáculo vai contar com a presença do grupo Aquarela Brasileira, com Paulo Branco Lima, Júlio Martins Risco, Rita Gomes e Wagner Merije, entre outros. O concerto tem como conceito a improvisação e a diversidade musical com referências artísticas mistas.

O músico brasileiro, Wagner Merije, revelou à RUC o caráter poético e “supra sensorial” da apresentação. O projeto vai reunir vozes diversas integrando pessoas de musicalidades e formações diferentes.

Para além dos sotaques e nacionalidades que enriquecem o espetáculo, Wagner Merije realça o contexto livre e participativo do evento.

O músico brasileiro destaca o valor multimedial do grupo Aquarela Brasileira, um dos organizadores do evento. Wagner Merije faz referência aos diferentes projetos que não têm um público alvo definido.

A atuação do grupo Aquarela Brasileira em conjunto ao CAPC têm se tornado comum nos últimos anos. Wagner Merije elogia a criatividade e a dinamização de espaços proporcionada pelo CAPC. O artista já realizou dois eventos promovidos pela entidade em conjunto com o grupo musical. Relembrou o evento de 25 de abril de 2018 e os Sessenta anos do CAPC em 2019, reforçando o desenvolvimento do projeto e desta parceria.

Em entrevista à RUC, Wagner Merije aproveitou para convidar todos os interessados para aparecerem ao evento. O microfone vai estar aberto a todos os que quiserem integrar o espetáculo.

O espetáculo “Voyagers – Descaminhos do Improviso” integra a 21º Semana Cultural da Universidade de Coimbra que tem como tema principal, “Caminhos”, inspirado num poema de Sophia de Mello Breyner Andersen.

Tom Barth

5
19
41
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-24T19:41:59+00:00
Fri, 24 May 2019 19:41:59 +0000