26/02/19

Eleição do Conselho Fiscal marcada por fraca adesão às urnas

As eleições para o Conselho Fiscal da Associação Académica de Coimbra (CF/AAC) decorreram durante o dia de hoje. A Lista M – “O Momento Seguinte”, encabeçada por Francisco Costa, elege 8 efetivos em 11 elementos do Conselho Fiscal.

Foram eleitos 11 elementos efetivos e 11 suplentes para o Conselho Fiscal da Associação Académica de Coimbra (CF/AAC). A afluência às 27 urnas existentes nos diferentes departamentos e faculdades da Universidade de Coimbra foi reduzida, à semelhança do ato eleitoral do ano passado. Num universo de cerca de 23 242 estudantes, votaram apenas 1 416 para o 1º contigente. No 2º contigente votaram apenas 29 associados num total de 4 300 associados seccionistas da AAC.

A Lista M foi a mais votada e elege, assim, 8 elementos para o Conselho Fiscal. A Lista I consegue apenas 1 elemento. A lista candidata ao 2º contigente -Lista O- adquire 3 representantes, elegidos pelos associados seccionistas da AAC.

Em conferência de imprensa, João Bento, presidente da Comissão Eleitoral, declarou que o ato eleitoral decorreu dentro da normalidade. Aponta o facto da eleição ter decorrido apenas num dia, resultado da proposta avançada pela Mesa da Assembleia Magna da Associação Académica de Coimbra (MAM/AAC), e a informação divulgada em https://www.academica.pt/eleicoes/conselho-fiscal-2019/ como pontos positivos desta votação.

De realçar que houve apenas um problema com os cadernos eleitorais que devido à nova política de proteção de dados da Universidade de Coimbra não puderam ser divulgados atempadamente, como explica João Bento.

O presidente da Comissão Eleitoral e presidente da Mesa da Assembleia Magna avança que existiram apenas duas reclamações ao ato eleitoral relacionados com os cadernos eleitorais e a necessidade de apresentação do cartão de estudante ou certificado multiusos, segundo os regulamentos eleitorais.

Este ano para o 1º contigente as listas na corrida foram a Lista I – “Integridade e Transparência na Defesa da AAC” com Margarida Ribeiro, primeira efetiva da Lista I. E a Lista M – com o Lema “O Momento Seguinte” recandidata-se Francisco Costa. Para o 2º contigente a Lista O- Orienta as Secções, sendo a única lista para o contingente com Tiago Gonçalves a recandidatar-se.

O Conselho Fiscal é o órgão de jurisdição exclusivo da AAC e exerce competências de fiscalização das várias estruturas da Associação. O órgão divide-se em dois contingentes: o 1º para associados efetivos da Associação Académica de Coimbra e o 2º para associados seccionistas.

Inês Morais

1
14
30
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-27T14:30:14+00:00
Mon, 27 May 2019 14:30:14 +0000