30/01/19

Duília Fernandes apresenta propostas para a reitoria da UC

Duília Fernandes de Melo é um dos nomes candidatos para a reitoria da Universidade de Coimbra. Professora de Física e Vice-Reitora da Universidade Católica de Washington, em entrevista à RUC, apresentou as propostas que tem para a Universidade de Coimbra.

Sem qualquer ligação à cidade de Coimbra, Duília declara que a Universidade de Coimbra devido à tradição e aos 700 anos de história pode ter um “papel relevante na mudança do mundo”.

Duília aponta a situação social e económica dos Estados Unidos da América como uma das razões para desejar mudar-se para Portugal e se candidatar a reitora da Universidade de Coimbra depois de ter conhecimento, através da Internet, da abertura das candidaturas.

A professora universitária revela que tem conhecimento dos principais problemas da Universidade de Coimbra e dos desafios que tem se ganhar a eleição.

Quanto aos cortes orçamentais por parte do governo ao Ensino Superior, a candidata sublinha que a universidade não deve estar totalmente dependente do apoio financeiro do governo. Acrescenta que uma aposta na divulgação nacional e internacional das investigações podem levar a adquirir mais fundos monetários e de apoio à investigação da Universidade.

O melhoramento e criação de novos programas de doutoramento para uma “modernização do Ensino [Superior]” é uma das metas da candidata. Assim como a negociação dos salários dos docentes e investigadores.

Como no debate que decorreu na semana passada, uma das ideias transmitidas pela professora é que “a Universidade é dos estudantes” e defende que a reitoria deve manter uma relação próxima com os cerca de 20 mil estudantes da Universidade.

Sobre a questão da propina e a redução do seu valor para 856 euros, Duília defende que o ensino público deve ser “gratuito para todos”, porém tem conhecimento de que uma grande parte do orçamento da UC provém das propinas. O modelo defendido pela candidata assenta num valor de propina “proporcional ao nível social” de cada estudante.

Duília Fernandes quer que a Universidade de Coimbra seja o exemplo de excelência na Língua Portuguesa e tenha um papel de “responsabilidade futura para o planeta”.

No próximo dia 4 e 5 de fevereiro, a candidata vai estar presente ao lado de Amílcar Falcão, Ernesto Costa e José Pedro Paiva, os outros 3 candidatos, na audição marcada pelo Conselho Geral para a apresentação dos programas dos candidatos a reitores da Universidade de Coimbra.

Inês Morais

4
18
42
0
GMT
GMT
+0000
2019-04-18T18:42:20+00:00
Thu, 18 Apr 2019 18:42:20 +0000