28/01/19

Pedro Roxo: “Pedimos respeito!”

FOTO: RELATOS RUC

A Associação Académica de Coimbra /Organismo Autónomo de Futebol perdeu frente ao Paços de Ferreira por 2-0. O avançado brasileiro, Uilton colocou os pacenses em vantagem, aos 32 minutos, num lance muito polémico após se ter pedido penalty na área contrária sobre Guima. Fatai, aos 79, anotou o segundo golo, que permitiu ao Paços consolidar o primeiro lugar, agora com 43 pontos, mais 13 do que a Académica, que caiu para o sexto lugar.


“Vínhamos de uma fase boa, com cinco vitórias seguidas, por isso escusam de dizer que isto só serve para escamotear os resultados. Nós só pedimos respeito! Não podemos admitir o que se passou aqui hoje! Analisem, critiquem quem têm de criticar… “

Pedro Roxo

O primeiro golo da turma pacense foi alvo de muitas críticas por parte de todo o banco da Académica. Num lance, perto da meia hora de jogo, Guima caiu na área do Paços de Ferreira. O árbitro nada assinalou e mandou seguir. No seguimento da jogada, o Paços de Ferreira acabaria por chegar ao primeiro tento da partida. Pedro Roxo salientou a clareza do lance e das consequências do mesmo para o resto da partida.

Já no final da sua intervenção, Pedro Roxo voltou a frisar as críticas à arbitragem. O presidente da Académica lembrou que todos os profissionais estão sujeitos à crítica, exceto os árbitros.

A Académica regressa à competição frente ao Guimarães B no próximo sábado. Como sempre, os Relatos RUC levam até si todas as incidências da partida em ruc.fm

Tomás Cunha

1
15
24
0
GMT
GMT
+0000
2019-06-24T15:24:13+00:00
Mon, 24 Jun 2019 15:24:13 +0000