10/01/19

Jardim Botânico continua a recolha das memórias fotográficas dos seus visitantes

O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (JBUC) vai continuar a recolher as memórias dos seus visitantes no âmbito do projeto Fotossíntese. Esta iniciativa está a construir um arquivo das imagens, registadas entre 1859 e finais da década de 80 do séc.XX, em que os momentos pessoais dos visitantes são também registo das mutações das plantas e dos espaços do jardim. Em 2017 o resultado foi uma exposição que esteve em exibição entre junho e outubro, no próprio jardim, ao longo da Alameda Júlio Henriques.

O diretor do Jardim Botânico da UC, António Gouveia, falou à Rádio Universidade de Coimbra sobre o atual estado do Fotossíntese. Começou por explicar que a ideia do projeto apareceu de uma curiosidade: saber onde estão as fotografias que foram tiradas no jardim antes da época das redes sociais e da fotografia digital.



Para a digitalização apoia-se quem necessita. Tanto nos dias que estiveram abertos a recolha de imagens como nos pedidos espontâneos, António Gouveia afirma que todas as ajudas são prestadas uma vez que que o interesse não passa só pela construção do arquivo que ilustre as mudanças no espaço. Passa também pela criação de novas ligações afetivas entre a população e o jardim.



O JBUC é dos locais mais fotografados da cidade de Coimbra seja por profissionais ou amadores. Para António Gouveia, todas as imagens são importantes independentemente das qualidades técnicas mais ou menos apuradas e até do estado geral de conservação.



Sobre o futuro, o diretor afirma que repetir a exposição não está no horizonte próximo. Apesar de ainda não terem ideias concretas para novos rumos do projeto, desde a exposição em 2017, já se reconheceu o seu potencial de replicação.



As imagens recolhidas até agora estão a ser publicadas no espaço do Jardim Botânico no flickr e estão disponíveis publicamente até para usos académicos. Por agora continua a construção do arquivo e para isso António Gouveia pede que vasculhem nos álbuns e nas gavetas de casa pelas imagens e que as submetam no sítio do Jardim Botânico na página da internet da Universidade de Coimbra ou que se desloquem ao local em pessoa.


André Jerónimo

1
14
18
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-27T14:18:05+00:00
Mon, 27 May 2019 14:18:05 +0000