20/12/18

Teatrão estreia “A Grande Emissão do Mundo Português”

Fotografia de Carlos Gomes

Um correio sentimental, um noticiário em que há uma peça jornalística sobre piscinas das princesas de Inglaterra na segunda Guerra Mundial ou melodias interpretadas por Maria da Graça e Maria de Lurdes Resende, assim se faziam dias de rádio na Emissora Nacional, na segunda metade do século passado.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O Teatrão recria o estúdio da Emissora Nacional dos anos 40 do século XX, no espaço da Tabacaria da Oficina Municipal do Teatro, até 20 de janeiro do próximo ano. Estreia amanhã, sexta-feira, dia 21 de dezembro, pelas 21h30, “A Grande Emissão do Mundo Português”.

A diretora artística d’ O Teatrão, Isabel Craveiro, explica que na base de construção do espetáculo esteve a ideia de a rádio ter sido “um meio muito eficaz de transmitir a ideologia”.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A condição feminina da mulher ao tempo do Estado Novo verte-se num correio sentimental atualizado com as problemáticas da atualidade em que a violência sobre as mulheres continua a ser exercida nas mais diversas formas.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A propaganda do Estado Novo passava também pelos cartazes que existiam nos lugares de passagem, nos transportes públicos e até nas escolas. À volta da Tabacaria estão alguns deles. O grupo de teatro propõe-se fazer alguma “atualização”, conta Isabel Craveiro.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Grande Emissão do Mundo Português é um segundo retorno à Casa Portuguesa depois da peça Eu Salazar. A ideia da companhia não é dar uma aula de história mas sim permitir “um confronto com o tempo presente”. A obra apela à reflexão sobre questões identitárias dos portugueses que permanecem na atualidade.

“Começamos a ouvir demasiadas vezes o discurso de que devíamos voltar aos tempos de antigamente”, evidencia a diretora artística d’O Teatrão. Tudo boas razões para contar partes da história baseada em documentos, que por serem verdade, o público não tinha acesso.

Em 13 de janeiro de 2019vai haver lugar a uma conversa intitulada “Os dias da rádio”, entre os investigadores Manuel Deniz e Pedro Moreira Russo e Rui Pêgo, diretor da Antena 1. A projeção do filme “Eu Salazar”, realizado por João Vladimiro vai acontecer a 20 de janeiro. Mais informação aqui.

Isabel Simões

7
18
07
0
GMT
GMT
+0000
2019-01-20T18:07:10+00:00
Sun, 20 Jan 2019 18:07:10 +0000