21/11/18

22º Congresso Português da Obesidade quer criar ferramentas para combater a doença

A Sociedade Portuguesa Para o Estudo da Obesidade (SPEO) prestou, hoje, declarações à Lusa a propósito do 22.º Congresso Português da Obesidade, que decorre entre sexta-feira e domingo, em Lisboa. O tema central da discussão é a criação de ferramentas de combate à doença.

A presidente da SPEO, Paula Freitas, adianta que existem programas da Direcção-Geral da Saúde que combatem a pré-obesidade, mas referiu também que é necessário dar ferramentas àquelas pessoas que têm obesidade na fase inicial para evitar que a doença evolua para formas mais graves.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O combate à obesidade, em Portugal, passa por um tratamento integrado, do qual faz parte a dieta, o plano alimentar e o exercícios físico. No entanto, a presidente da SPEO alerta que o combate é dificultado pelo facto da doença atingir mais as classes sociais desfavorecidas que não têm acesso aos fármacos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Os últimos dados, referentes a 2016, do Inquérito Alimentar Nacional revelam os valores que tornam o combate à doença essencial.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No congresso, a SPEO vai apresentar o primeiro livro de Recomendações para Tratamento Não Cirúrgico da Obesidade no Adulto, que visa a criação de normas consensuais para o diagnóstico da doença, tratamento e multidisciplinaridade da equipa no acompanhamento dos doentes.

Rita Ferreira\\Lusa

2
11
49
0
GMT
GMT
+0000
2018-12-11T11:49:45+00:00
Tue, 11 Dec 2018 11:49:45 +0000