12/11/18

CMC aprova os primeiros apoios financeiros para associações juvenis

O executivo camarário aprovou esta tarde uma proposta de atribuição de apoio financeiro a sete associações juvenis sem fins lucrativos, num total de 9000 euros. À semelhança do que acontece com os apoios ao associativismo cultural e desportivo, as associações juvenis vão poder submeter propostas a apoios camarários com avaliação de mérito dos projetos e das próprias associações. A vereadora para a área da Cultura, Carina Gomes, explicou a necessidade identificada pela CMC.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A vereadora esclarece ainda que as propostas foram analisadas de modo a excluir aquelas que já tivessem recebido outro financiamento. Entre as sete associações apoiadas estão a Associação Académica de Coimbra com o valor de 2500 euros, o Coro misto da universidade de Coimbra e o Orfeon Académico. Das 13 candidaturas apresentadas à CMC foi conhecido que seis (6) não cumpriram os requisitos para obtenção do apoio. Quando questionada sobre a se vai ser necessário fazer alteração ao orçamento de 2019 aprovado há duas semanas, para incluir a dotação necessária a estes apoios, Carina Gomes respondeu com a lei geral.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Sobre o orçamental geral para a cultura, a vereadora fala de um aumento dos valores que passam a representar mais de cinco do orçamento municipal para 2019.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O conjunto de normas e a regulamentação necessária para atribuição de apoios ao associativismo juvenil tinha sido aprovado no passado mês de julho. Outros dois dos apoios na área da cultura que foram aprovados hoje na reunião, foram os pontuais atribuídos ao Festival Caminhos do Cinema Português, organizado pelo centro de estudos cinematográficos e que obteve 7313 euros e ao Festival de Direitos Humanos da Secção de de Defesa dos Direitos humanos da AAC com 500 euros. Sobre a descentralização de competências na área da cultura, a vereadora remeteu esclarecimentos para futuras declarações do presidente da Câmara municipal de Coimbra, Manuel Machado.

André Jerónimo

2
11
04
0
GMT
GMT
+0000
2018-12-11T11:04:36+00:00
Tue, 11 Dec 2018 11:04:36 +0000