11/07/18

Direção Geral da AAC apresentou Pavilhão Eng. Jorge Anjinho renovado

“Um dia histórico para a Associação Académica de Coimbra (AAC)”. É desta forma que Alexandre Amado classifica a apresentação de um Pavilhão Eng. Jorge Anjinho renovado. A sessão pública teve lugar esta tarde (11), depois de, em abril, ter sido anunciado que o espaço ficaria sobre gestão da AAC nos próximos 25 anos.

Na cerimónia, o presidente da Direção-Geral falou de um dia em que “a casa do desporto da academia” o volta a ser, na plenitude. Trata-se de uma “re-inauguração do espaço”, mais de 3 décadas depois da sua criação e em vésperas de Coimbra receber os Jogos Europeus Universitários (EUG).

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Os EUG vêm estrear o novo Pavilhão, com as modalidades de ténis de mesa e futsal a ocupar o espaço durante as próximas semanas.  As obras vão permitir que secções desportivas e equipas universitárias possam treinar em plenas condições, a partir de setembro. Para já, as secções de futsal, basquetebol, andebol, voleibol, ténis e patinagem são os grupos a usufruir do espaço, mas a utilização por parte de outros organismos da casa não foi excluída. O objetivo agora, explicou Alexandra Amado, é que, para além da academia, o Pavilhão possa servir a cidade noutras vertentes.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A Direção Geral da AAC chegou a acordo com a Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol (AAC/OAF), com a cedência a longo prazo do Pavilhão. Na opinião de Carlos Cidade, vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), as obras ilustram parte do legado que os EUG vão deixar, no que diz respeito à melhoria das infraestruturas da cidade. Nesse sentido, a autarquia avançou com a aprovação do regulamento municipal de apoio à reabilitação de infraestruturas desportivas, no qual Carlos Cidade espera incluir o Pavilhão Jorge Anjinho, consoante candidatura da AAC. Meio milhão de euros do Orçamento Municipal vão ser distribuídos pelas associações e entidades desportivas da cidade. O vereador da CMC deixa, no entanto, um alerta: depois das obras, “o pior está para vir”. Agora é importante preservar o espaço.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

As obras deixam, nas palavras de Alexandre Amado, um “um espaço com cara lavada” e com melhores condições para receber os EUG, as seções desportivas e o próprio desporto universitário da cidade. Amílcar Falcão, vice reitor da Universidade de Coimbra (UC) para o pelouro do desporto, sublinha que a principal diferença do desporto em Coimbra passa pelo envolvimento dos estudantes. Essa característica fica materializada neste novo espaço.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

As obras apresentadas contemplam intervenções ao nível dos balneários, iluminação, pintura e condições do piso. Fica assim pronto para receber os Jogos Europeus Universitários que, entre 15 e 18 de julho, trazem o melhor do desporto universitário à cidade de Coimbra.

Teresa Borges

6
9
27
0
GMT
GMT
+0000
2018-12-15T09:27:03+00:00
Sat, 15 Dec 2018 09:27:03 +0000