4/07/18

CMC entrega prémios aos vencedores do Orçamento Participativo

Foi em sessão solene comemorativa do Dia da Cidade de Coimbra que o presidente da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Manuel Machado, entregou os prémios aos vencedores da 1.ª edição do Orçamento Participativo – Coimbra Participa e do Coimbra Jovem Participa.

Em entrevista à RUC, o coordenador do projeto “Por Este Rio Acima @ Terreiro da Erva”, Rui Lopes, vencedor do primeiro lugar do Coimbra Participa, apontou a fraca divulgação como uma das falhas da primeira edição do orçamento participativo em Coimbra.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Rui Lopes aproveitou ainda a ocasião para anunciar a fundação do Coletivo de Artistas Independentes de Coimbra, que pretende dinamizar a cidade e, em especial, apoiar jovens músicos formados em Coimbra na sua integração profissional.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A vereadora da CMC responsável pelo orçamento participativo, Regina Bento, já pensa na próxima edição da iniciativa. Para isso, afirma estar a analisar, em conjunto com a Comissão Técnica de Análise, o que correu mal, para que se possa melhorar no futuro.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A dinamização do centro histórico foi então o objetivo do primeiro orçamento participativo de Coimbra, que obteve um máximo de 2226 votantes no projeto “Por Este Rio Acima @ Terreiro da Erva”.

 

Foram ainda atribuídos os prémios aos vencedores da 1ª edição do Orçamento Participativo – Coimbra Jovem Participa. O primeiro lugar foi para o projeto “Uma Curta-Metragem no Centro Histórico de Coimbra”, que conquistou 1259 votos online, com a ideia de fazer um filme de duração entre 15 a 20 minutos, inteiramente filmado no centro histórico da cidade. O autor do projeto, Miguel Monteiro Rodrigues, é um jovem de Coimbra que estudou Direito na Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, mas decidiu mudar de área e ir estudar escrita de argumento na Met Film School, em Londres. Em entrevista à RUC, Miguel Monteiro Rodrigues, diz sentir-se parte de uma nova geração que quer trazer o cinema à cidade de Coimbra e contribuir para a divulgação de novos artistas na cidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O argumento para a curta-metragem ainda não está definido, mas Miguel Monteiro Rodrigues quer contar histórias pouco conhecidas da cidade e usar a baixa como pano de fundo.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Para o autor, o projeto foi o preferido nas votações online por ser uma ideia atrativa e inovadora, uma vez que existe pouco cinema a ser produzido em Portugal, e em particular em Coimbra. Embora o projeto esteja em nome pessoal, Miguel Monteiro Rodrigues salienta que a ideia resulta de uma equipa multidisciplinar com quem trabalhou, em 2015, numa curta-metragem apresentada no Caminhos do Cinema Português. A estreia do filme está programada para a Baixa de Coimbra, com projeção ao ar livre, mas o objetivo passa pela divulgação em festivais de cinema nacionais e internacionais.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Uma revista sobre a conceção da curta-metragem vai ser entregue na estreia e vai apresentar fotos do “making of”, o guião do filme, entrevistas com o autor e equipa de produção e desenhos que serviram de apoio à realização das cenas.

Miguel Monteiro Rodrigues não esconde a surpresa do primeiro lugar conquistado no Orçamento Participativo – Coimbra Jovem Participa e considera que a iniciativa permite um maior envolvimento dos jovens na vida cultural e cívica da cidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O “1º ‘Festival’ de Humor em Coimbra “ ficou em terceiro lugar nas votações online. O projeto de Afonso Paiva consiste na realização de um festival de stand-up comedy que, além de acolher humoristas com maior reputação nacional, pretende dar oportunidade para outros mais jovens se mostrarem ao público.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O festival deve realizar-se em diferentes pontos da cidade, com particular foco na baixa, num percurso itinerante que leve os visitantes a descobrir diversos espetáculos de humor e lugares pouco conhecidos de Coimbra.

Afonso Paiva considera que a cidade ainda desconhece que o humor é também uma forma de cultura. A divulgação do projeto permitiu que tivesse contacto com pessoas e organizações que, pela inovação que traz à vida cultural de Coimbra, o incentivaram a avançar com a ideia.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O projeto de Afonso Paiva foi contemplado pelo Orçamento Participativo, porque houve um excedente que transitou do Coimbra Participa, o programa que atribuiu valores a projetos propostos por maiores de 30 anos.

Em segundo lugar no Coimbra Jovem Participa ficou o projeto “ Festival de Fado” que pretende organizar um evento com espectáculos de fado de Coimbra e de Lisboa pela cidade, da autoria de Beatriz Costa.

Carolina Cardoso e Luís Martins

1
8
19
0
GMT
GMT
+0000
2019-09-16T08:19:33+00:00
Mon, 16 Sep 2019 08:19:33 +0000