20/04/18

Francisco Queirós: [Nova maternidade] “Construção do novo edifício não faz sentido que seja dentro do espaço dos CHUC”

O Alvorada de hoje (20) contou com o comentário do vereador da Câmara Municipal de Coimbra (CMC), Francisco Queirós.

A Cimeira Mundial da Saúde reúne-se esta quinta e sexta-feira no Convento de São Francisco em Coimbra.

Francisco Queirós sublinha as contradições da saúde na cidade tendo em conta que, apesar de conseguir organizar um evento de dimensão mundial sobre a saúde, é casa daquele que considera ser o centro de saúde em piores condições na zona centro.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Será hoje anunciada, em conferência de imprensa, a decisão sobre a construção de uma nova maternidade em Coimbra. O vereador da CMC ressalva a necessidade de atenção aos milhares de partos realizados nas duas maternidades existentes que cobrem os cuidados natais de toda a região centro e da dificultação da gestão no caso de estes partos e cuidados serem centralizados numa maternidade só.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O governo prepara-se para aprovar um decreto-lei de execução orçamental que vai pôr fim ao corte de cinco porcento nos salários dos gabinetes políticos. A medida será progressiva até 2019 e abrange gabinetes da presidência, governo, parlamento e autarquias. Francisco Queirós considera importante a reposição do que foi retirado em período de crise mas que existem situações de maior prioridade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Um cidadão Sírio veio a público dizer que ele e o filho foram contratados para aparecer numa encenação do suposto ataque químico, alegadamente levado a cabo a mando do regime sírio em conjunto com a Rússia em Duma, na Síria.

Francisco Queirós não se manifesta surpreso com a possível encenação do ataque químico.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O Alvorada de hoje teve ainda tempo ainda para a rubrica “Crime na Cidade” por Isabel Simões.

Foram ainda discutidos temas como as declarações dos deputados de Viseu do PSD quanto à questão do IP3 e possível autoestrada e reestruturação da estrada atual, o aumento das reclamações de utentes nos serviços de saúde, a questão das viagens reembolsadas de deputados às ilhas, a greve prevista para o Metro Porto, o atraso na entrada nos quadros das escolas e a possibilidade de mudança de panorama com o novo presidente cubano.

O comentário pode ser ouvido na íntegra aqui.

Carolina Cardoso e Inês Miranda Pereira

1
13
05
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-27T13:05:21+00:00
Mon, 27 May 2019 13:05:21 +0000