8/03/18

“Eu uso termotebe e o meu pai também” sobe ao palco do TAGV

“Eu uso termotebe e o meu pai também”, foi um anúncio publicitário dos anos 80, sobre as T-Shirts produzidas por uma fábrica na cidade de Barcelos, de nome “Tebe”. Vai a cena dias 8 e 9 de março, no TAGV. Ricardo Correia, autor e encenador da peça, clarificou à RUC como ancorou no tema do anúncio publicitário “Eu uso termotebe e o meu pai também” o processo de transmissão de memoria relativa ao trabalho efetuado por operários fabris, e como chegou a esse título.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.


A construção do texto contou com a participação de vários testemunhos, desde investigadores académicos, sindicalistas e operários fabris, inclusive familiares diretos do encenador. Ricardo Correia conta como fez a transposição das memórias do trabalho e das narrativas de vida para o texto.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Em palco, os atores têm o desafio de se apropriarem dos relatos recolhidos e dessa forma envolver o público nas memórias do trabalho e narrativas de vida. A transposição do texto para o palco é um processo artístico.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A peça reflete ainda as contradições da condição de operário e o desejo de libertação e emancipação das novas gerações, que no caso do encenador é da mesma forma autobiográfico.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ricardo Correia coordena com António Augusto Barros, o Clube de Leitura Teatral. Este projeto do Teatro Académico de Gil Vicente e da Escola da Noite, promove todos os meses a divulgação e a promoção da dramaturgia.

Depois da apresentação em Lisboa, a peça sobe a palco no TAGV nos dias 8 e 9 de março, pelas 21:30, com lotação limitada. O espetáculo está inserida na 20ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra.

Carlos Gandarez

6
23
40
0
GMT
GMT
+0000
2018-06-23T23:40:28+00:00
Sat, 23 Jun 2018 23:40:28 +0000