26/02/18

Como funciona o novo método de contagem para o Conselho Fiscal da AAC?

As eleições para o Conselho Fiscal da Associação Académica de Coimbra (AAC), marcadas para terça-feira, 27 de fevereiro, vão estrear um novo método de contagem, o método de Sainte-Laguë.

Em Portugal, o método mais utilizado nas eleições, a nível local e nacional, é o método de Hondt. Segundo a Comissão Nacional de Eleições, o método de Hondt garante que o número de eleitos por cada lista concorrente a uma eleição é proporcional ao número de eleitores que votaram nessa lista. Até à entrada em vigor dos novos Estatutos da AAC, em maio de 2017, era também o método usado para a eleição do órgão de fiscalização da academia.

A RUC falou com o professor de matemática, Fausto da Silva, que aponta as diferenças entre os dois métodos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No método de Sainte-Laguë, o número de votantes não é um factor determinante para os resultados finais, mas pode influenciar as proporções entre os eleitos por cada lista, como explica o professor.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A utilização do método pode, por isso, introduzir alterações nos resultados. Fausto da Silva alerta que, assim, os menos votados podem ter mais força.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O Conselho Fiscal é composto por onze elementos efetivos e onze suplentes. As alterações aos estatutos da Associação Académica de Coimbra fizeram com que o Conselho Fiscal não seja eleito em novembro, como habitual, juntamente com as eleições para a Direção Geral e para a Mesa da Assembleia Magna da AAC.

As listas candidatas ao Conselho Fiscal são a lista F, encabeçada por Daniela Rodrigues, a lista M, liderada por Jorge Graça e a lista P, de Francisco Góis.

Gonçalo Teles

6
23
48
0
GMT
GMT
+0000
2018-06-23T23:48:42+00:00
Sat, 23 Jun 2018 23:48:42 +0000