26/02/18

Académica/OAF dominou a partida em Alcochete mas saiu com empate (2-2)

A Associação Académica de Coimbra – Organismo Autónomo de Futebol deslocou-se no passado sábado a Alcochete para empatar a duas bolas (2-2) diante a equipa B do Sporting Clube de Portugal. A partida foi dominada pela Briosa, mas os postes e uma excelente exibição do guarda redes leonino Stojkovic impediram que a Académica chegasse à vitória.

Aos 10 minutos, Rafael Barbosa inaugurou o marcador, após um remate que ainda ressaltou num jogador da Académica e enganou o guardião da Briosa.

A primeira ocasião de grande perigo dos estudantes aconteceu aos 20 minutos, com um livre direto de Nélson Pedroso para boa defesa de Stojkovic.

Antes do intervalo, Alan Júnior cruzou da direita e, de primeira, Chiquinho estabeleceu o empate, aos 38 minutos. Ao intervalo, justificava-se o resultado.

A Briosa entrou com uma postura mais ofensiva para a segunda metade, mas foi a equipa da casa que chegou à vantagem. Aos 60 minutos, contra a corrente do jogo, remate forte de Pedro Delgado, com a bola a embater na barra e a ressaltar no terreno, para lá da linha de golo.

O vendaval ofensivo da Académica intensificou-se, ao dispor de uma série de oportunidades: primeiro por Chiquinho, a corresponder a um cruzamento de Luisinho, e depois Alan Júnior, com um forte remate a ser defendido. Ainda, uma boa combinação entre Femi e Pedroso na esquerda, cruzamento do lateral esquerdo para Yuri rematar. Só que no caminho do golo estava um defesa do Sporting.

Dos muitos lances de perigo o maior destaque vai para as bolas aos postes. Primeiro Nélson Pedroso, de bola parada, atirou à barra. Na oportunidade mais flagrante de todo o jogo, Femi acertou no poste esquerdo da baliza.

O golo que premiava o domínio da Académica surgiu de grande penalidade, em período de descontos, a castigar falta sobre Ricardo Dias. Nélson Pedroso assumiu a marcação e não falhou. Terceiro golo do lateral na Ledman LigaPro, que premiava uma Académica a pressionar o adversário.

Alan Júnior e Femi Balogun ainda tentaram chegar ao golo da vitória, mas Stojkovic foi imperial a impedir que a Académica trouxesse três pontos para Coimbra.

Na conferência após o jogo, Ricardo Soares falou mesmo em massacre ao adversário e que podia ter goleado.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O treinador destacou o domínio da Académica e deixou os motivos pelos quais a Académica não alcançou a vitória.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O treinador de seguida concretizou e explicou o momento triste. Em resposta à pergunta da RUC, acerca se existia ansiedade face aos resultados menos positivos, o treinador diz que é algo difícil de medir mas que não existe.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Ricardo Soares deixou também críticas ao árbitro. Na sua ótica, poupou a expulsão de Pedro Delgado e deixou um penalti por assinalar.

A Académica permanece no segundo posto mas agora o líder é o Santa Clara com 44 pontos, mais um que Académica e FC Porto B, que partilham a segunda posição. Na próxima jornada, a Académica recebe um rival direto, o Penafiel, que está a um ponto. O jogo realiza-se no domingo, às 15h00, e vai contar com o relato na RUC.

Bernardo Baptista

6
23
39
0
GMT
GMT
+0000
2018-06-23T23:39:09+00:00
Sat, 23 Jun 2018 23:39:09 +0000