13/02/18

Rastreio de Infeções Sexualmente Transmissíveis na FFUC

A Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) acolhe amanhã um rastreio às infeções sexualmente transmissíveis. A recolha faz parte de um estudo que tem como objetivo obter dados relativos à prevalência de quatro infeções sexualmente transmissíveis (IST) em Portugal. Entre as 14 e 17 horas na sala do CEF do piso da entrada, o Departamento de Doenças Infeciosas do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) promove um rastreio gratuito, voluntário e anónimo para jovens entre os 18 e os 24 anos, a população que apresenta maior risco de desenvolvimento de complicações clínicas graves decorrentes das IST.

A Investigadora e Coordenadora do Laboratório Nacional de Referência das Infeções Sexualmente Transmissíveis do INSA, Maria José Borrego, explicou como vai decorrer o estudo e os objetivos do mesmo.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O estudo foca-se em quatro infeções, cujos dados de prevalência em Portugal são, atualmente, quase inexistentes. Maria José Borrego explicou porque o alvo do estudo são os jovens e referiu ainda alguns efeitos das infeções.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O estudo é coordenado pelo Laboratório Nacional de Referência das Infeções Sexualmente Transmissíveis, com o apoio do Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa, do bioMérieux e do Genomica. O conhecimento da frequência destas quatro IST em Portugal tem como objetivo a implementação de ações de prevenção futuras. Estima-se que mais de 20% da população portuguesasofra destas doenças sem saber.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

 Maria José Borrego deixou ainda um apelo final para os alunos presentes amanhã no pólo 3 da Universidade de Coimbra (UC).

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, estas quatro Infeções Sexualmente Transmissíveis causam mais de 350 milhões de novas infeções por ano, no mundo, sendo as mais frequentes nos jovens. Atualmente, as quatro IST mais frequentes são curáveis pela simples toma de antibiótico, o que evita complicações futuras.

Joana Gomes

6
23
47
0
GMT
GMT
+0000
2018-06-23T23:47:17+00:00
Sat, 23 Jun 2018 23:47:17 +0000