1/02/18

SRCOM alerta para situações “críticas” nas instituições de saúde

O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos (SRCOM), Carlos Cortes, considerou hoje que o Ministério da Saúde está a criar “uma selva, sem regras e sem critérios” para a contratação de médicos. Segundo Carlos Cortes, “há hospitais e centros de saúde com situações muito críticas”.

O dirigente lamentou que o Ministério da Saúde esteja a privilegiar alguns hospitais “sem qualquer critério” e a criar uma situação de “desigualdade entre unidades de saúde e entre médicos”, ao permitir que uns hospitais contratem especialistas e outros não.

A nível dos investimentos em saúde, no 1111 de 24 de janeiro Carlos Cortes, disse à RUC que os investimentos estão a ser canalizados para a região sul o que coloca Coimbra numa situação difícil.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A mesma dualidade de critérios de contratação de recursos médicos acontece em relação aos diferentes centros de saúde. A esta situação acresce o facto de o ministério continuar “a protelar os concursos dos 710 médicos recém-especialistas (dos quais 234 médicos da região Centro)”.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Para Carlos Cortes, não são razões financeiras que motivam a falta colocação dos jovens médicos especialistas mas sim a “desarticulação e desorganização dos recursos humanos da saúde” por parte do ministério.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Para Carlos Cortes os problemas de falta de recursos nas instituições de saúde têm se der levados ao ministério pelas Administrações Regionais de Saúde (ARS), em particular pela ARS Centro.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Os diversos problemas relatados por profissionais e comissões de utentes em relação ao SNS são para o presidente O presidente da Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos, uma clara opção política

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Com o objetivo de conhecer a realidade, a Secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos contactou os 234 médicos da região Centro que concluíram o internato de especialidade no ano passado, por correio eletrónico e por telefone.

Segundo a SRCOM, “65% ainda aguardam por concurso, 6% abandonaram o SNS e estão no setor privado, 28% foram colocados através de contratação direta”.

Isabel Simões

3
22
22
0
GMT
GMT
+0000
2018-05-23T22:22:37+00:00
Wed, 23 May 2018 22:22:37 +0000