30/01/18

Norberto Pires : “Ser aluno Erasmus devia ser obrigatório”

O Alvorada de hoje (30) contou com o comentário à atualidade do professor da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) e ex-presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro (CCDRC), Norberto Pires.

A Académica venceu ontem o União da Madeira em jogo a contar para a 22.ª jornada da Segunda Liga portuguesa. A Briosa consolidou o segundo lugar da Ledman Liga Pro e é o primeiro clube que pode subir para a Primeira Liga, já que se encontra atrás do FC Porto B que não pode subir.

Norberto Pires acredita que a subida de divisão da Académica era muito benéfica para a cidade. Alertou, no entanto, que necessita também de existir um maior apoio de Coimbra à Briosa para que não volte a descer de escalão.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Termina amanhã o prazo de candidatura dos alunos da Universidade de Coimbra (UC) aos programas de mobilidade, nomeadamente o Erasmus+. O professor da FCTUC recorreu à experiência como docente universitário para justificar os benefícios do Erasmus+.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Coimbra é a quarta cidade mais cara do país para se viver, principalmente no que toca à habitação. No Alvorada da passada terça-feira, o vereador da Câmara Municipal de Coimbra (CMC) para a habitação, Francisco Queirós mostrou-se preocupado com o surgimento de novos prédios de luxo na Via Central (em reabilitação) que podem afastar os mais idosos e mais pobres da baixa.

Norberto Pires considerou que a Câmara devia ter um papel mais interventivo nas políticas habitacionais, mas também na valorização da Baixa e do rio Mondego

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O ministro-adjunto Pedro Siza Vieira afirmou ontem, em resposta a perguntas sobre a melhoria das acessibilidades na região centro, que “os turistas que procuram a natureza não estão preocupados com as estradas”.

O antigo presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento da Região Centro (CCDRC) mostrou-se incrédulo com as declarações do ministro e relembrou o caso do IP3, que liga Coimbra a Viseu, e que se encontra em muito mau estado.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No Alvorada de hoje foram ainda abordadas as queixas da Ordem dos Enfermeiros sobre a falta de condições nos centros de saúde, os crimes em ambiente escolar e a condição das crianças estrangeiras à guarda do estado português.

O comentário pode ser escutado na sua totalidade aqui.

Joana Gomes

3
22
29
0
GMT
GMT
+0000
2018-05-23T22:29:55+00:00
Wed, 23 May 2018 22:29:55 +0000