1/12/17

VII Memorial: Tenistas sub-12 celebram Luzio Vaz

O VII Memorial António Luzio Vaz vai trazer atletas de ténis sub-12 para “jogar com a graciosidade que alguns adultos não conseguem”. Quem o diz é Eduardo Cabrita, organizador do torneio que homenageia o antigo administrador dos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra e apaixonado por ténis, António Luzio Vaz.

O evento acontece a partir de amanhã e prolonga-se até dia 10, nos ‘courts’ do Estádio Universitário de Coimbra.

O diretor técnico, Eduardo Cabrita, sublinha que o objetivo de perpetuar o nome de António Luzio Vaz já se cumpriu. O dirigente e responsável enumera outros objetivos do encontro.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A competição começou com cerca de 30 atletas, conta Eduardo Cabrita. Em 2017, o quadro principal tem 96 atletas masculinos e 64 femininos de mais de 30 países participantes, o que torna o VII Memorial António Luzio Vaz no maior torneio de jovens feito em Portugal.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O diretor técnico desvendou que está prestes a ser apresentado um projeto de criação de residências universitárias desportivas. O projeto já mereceu a aprovação da Câmara Municipal de Coimbra e a apresentação vai ser feita a 16 de dezembro, ainda sem local definido.

O futuro campus, de acordo com Eduardo Cabrita, vai albergar 32 atletas, e destina-se a jovens tenistas que queiram vir estudar para a Universidade de Coimbra.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Na competição que começa amanhã a Associação Académica de Coimbra (AAC) dispõe de oito ‘wild cards, ou seja, entradas especiais para o quadro principal masculino e quatro para o feminino; além de quatro masculinos e quatro femininos, para a fase de qualificação. A AAC é o único filiado da Associação de Ténis de Coimbra a participar no Memorial, com atletas selecionados pela Federação Portuguesa de Ténis.

Eduardo Cabrita elogiou a Associação Académica de Coimbra, que diz estar sempre de braços abertos para receber atividades semelhantes. No que toca à Universidade de Coimbra, a organização lamenta o facto de ter de pagar o aluguer das instalações onde decorre o torneio.

Os jogos têm início pelas 9 horas da manhã, todos os dias do torneio.

Camila Vidal (com áudio de Pedro Silva)

1
1
18
0
GMT
GMT
+0000
2018-05-21T01:18:46+00:00
Mon, 21 May 2018 01:18:46 +0000