14/10/17

Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra apresentam-se como “um festival para uma região”

A festa do jazz de Coimbra celebra este ano 15 anos de vida, nasceu em 2003 e precedeu a própria Associação do Jazz ao Centro Clube (JACC), lembrou o diretor artístico do JACC, José Miguel Pereira, em entrevista no programa Culturama, na passada quarta-feira, dia 11. 

Para o aniversário foi desenhado um programa a pensar na região, alargado a cinco municípios do distrito de Coimbra: Penela, Miranda do Corvo, Coimbra Figueira da Foz, e Vila Nova de Poiares. O festival iniciou ontem, em Penela, com a cantora portuguesa de origem Cabo-verdiana, Carmen Souza. Este sábado passa em Miranda do Corvo com a sueca Lina Nyberg. Já o Centro de Artes e Espectáculos da Figueira da Foz (CAE) recebe um espetáculo dirigido ao público infantil.

A Coimbra, os Encontros Internacionais de Jazz chegam nos próximos dois fins semana, de 21 a 28 de outubro. O coordenador do JACC destacou a programação de dia 21, no Convento São Francisco (CSF), que pode vir a proporcionar “um dia em cheio”. O programa começa com um Masterclass pelo contrabaixista português, Carlos Bica, dedicado aos músicos mais jovens. Radicado em Berlim desde 1994, o contrabaixista é um dos nomes “grandes” do jazz português.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Os destaques do Convento São Francisco passam ainda pelo concerto de Carlos Bica no grande auditório. O dia 21 de outubro vai ser marcado também, a partir da tarde,  pela realização de várias atuações em espaços como a Igreja e a Blackbox do Convento. Para o local estão  programados “showcases” com escolas e uma zona de restauração, revela José Miguel Pereira. 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O jazz eletrónico chega à Blackbox do CSF  também a 21, com os Ambiq. Bateria, percussão, clarinete e eletrónica “navegam num mapa ainda por cartografar” diz o programa. O diretor artístico dos Encontros sinaliza a passagem do grupo na cidade, a convite da RUC.  

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O último fim de semana apresenta três dias de concertos. No primeiro o rapper brasileiro Marcelo D2 promete misturar o hip-hop e o jazz em temas que conhecemos “tratados de forma diferente”, afirmou José Miguel Pereira. 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Um dos nomes grandes do jazz internacional, Peter Evans, está no domingo, dia 28, no Conservatório de Música de Coimbra, com o seu ensemble ampliado para septeto. O guitarrista Norberto Lobo fecha a última noite dos Encontros Internacionais de Jazz no Salão Brazil, na companhia de Yam Témbe, no trompete, e Marco Franco, na bateria. 

O serviço educativo do JACC vai ter um papel a desempenhar nestes encontros, com um trabalho de parceria  com três formações da região: a Filarmónica Mirandense de Miranda do Corvo, a Filarmónica Fraternidade Poiarense de Vila Nova de Poiares e a Orquestra de Jazz do CAE da Figueira da Foz. José Miguel Pereira revelou que a colaboração vai  continuar em edições futuras, na esperança de, através dos músicos, “atrair novos públicos” para o jazz.  

A 27 de outubro acontece uma noite temática numa colaboração com a Agência de Promoção da Baixa de Coimbra (APBC). As noites temáticas da APBC passaram no mês de agosto pelo Festival (In)comum e pelo Fado de Coimbra e, em setembro, aconteceu o 239 Enigma Challenge. A quarta e última noite temática de 2017 vai ser dedicada ao jazz.

O programa com a APBC é gratuito e decorre em espaços como o Hotel Astoria e o Colégio do Espírito Santo, este último na Rua da Sofia.

Isabel Simões (com entrevista de Teresa Borges)

3
22
15
0
GMT
GMT
+0000
2018-05-23T22:15:31+00:00
Wed, 23 May 2018 22:15:31 +0000