18/05/17

“Tardio” de Rosa Oliveira apresentado no JBUC

O Jardim Botânico da Universidade de Coimbra acolheu a apresentação do livro “Tardio” de Rosa Oliveira.

O título da obra de poesia está diretamente ligado ao percurso, enquanto escritora. Aos 55 anos a viseense publicou o seu primeiro livro, “Cinza”, com o qual conquistou o prémio Pen Club Primeira Obra 2013. A maioria das reações ao seu primeiro trabalho traziam uma pergunta anexada, “Porquê só agora?”. Rosa Oliveira explica como começou a escrever e esclarece a razão pela qual retardou a publicação dos seus trabalhos.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A autora admite ter dificuldade em escolher um poema com o qual se identifique mais. A pouca distância desde o fim da obra não permite, segundo Rosa Oliveira, construir uma opinião critica sobre os mesmos. Os poemas, alguns escritos à mais de cinco anos, transportam as vivências que a autora retira da leitura, da música, do cinema e do que observa no quotidiano. Por vezes basta “uma frase na rua ou no café”. 

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O livro “Tardio” teve a sua primeira apresentação em Lisboa e contou com a participação do diretor da coleção de poesia da editora Tinta da China, Pedro Mexia. Rosa Oliveira relembra a ligação das sua obras com a editora e sublinha os motivos para o convite a Pedro Mexia.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A escolha do local, o Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, foi motivada pela vontade de realizar a apresentação num local não convencional. Mais tarde em conversa com o seu filho, Rosa Oliveira, definiu o local por ser o seu sítio preferido da cidade de Coimbra.

A apresentação contou ainda com leituras de Luís Januário e Luís Quintas.

Ricardo Vaz

6
8
47
0
GMT
GMT
+0000
2018-12-15T08:47:40+00:00
Sat, 15 Dec 2018 08:47:40 +0000