20/04/17

Comunidade cigana em conferência no DCV

O colectivo estudantil “Agora Pensa” realizou hoje uma conferência intitulada “Comunidade cigana; discriminação, invisibilidade e mitos”.

A terceira sessão do ciclo de conferências “Agora pensa fora da caixa”, que decorreu no Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra, foi dedicada a uma comunidade que, apesar de presente em Portugal há cerca de 500 anos, ainda é alvo de discriminação.

Bruno Gomes, delegado nacional do programa europeu ROMED, falou do papel de mediação dos delegados, formados no âmbito da iniciativa, entre o meio e as entidades locais com as comunidades ciganas.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O primeiro orador da tarde recordou a vivência no planalto do Ingote, deu destaque à ideia da mobilidade social da sua e de outras comunidades minoritárias e fundamentou a importância de acabar com a cultura vigente nos bairros sociais.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Jorge Gouveia Monteiro, ex-vereador da Câmara Municipal de Coimbra, recordou a passagem pelo executivo municipal como vereador para a habitação, onde contactou de perto com comunidades ciganas e corroborou as ideias transmitidas pelo primeiro orador.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Tânia Oliveira é, tal como Bruno Gomes, uma de 25 jovens de etnia cigana que frequentam o Ensino Superior. A última oradora da tarde destacou o papel do género que nas comunidades são de extrema relevância. Para a estudante de animação sociocultural, escasseiam oportunidades.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No final houve tempo para algumas desmistificações: menos de 4% das pessoas subsidiadas com o Rendimento Social de Inserção são ciganos e os modelos de escola que estão preparados para receber crianças ciganas, como a Escola do Ingote, têm registado uma elevada taxa de sucesso escolar.

Bernardo Baptista

3
22
10
0
GMT
GMT
+0000
2018-05-23T22:10:32+00:00
Wed, 23 May 2018 22:10:32 +0000