17/08/16

Cadastro florestal é prioridade para o governo

Portugal já é responsável por 53,4% da área ardida em toda a União Europeia. O número de incêndios florestais é muito superior à média de anos anteriores no país. Agora, num aparente rescaldo dos principais incêndios, é tempo de apurar responsabilidades e pensar a prevenção. O primeiro-ministro falou aos jornalistas no Parque Peneda-Gerês. Em declarações à Lusa, António Costa refere que é preciso pensar a reforma do setor florestal enquanto a tragédia estiver na memória.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O chefe do governo assegura que o dinheiro gasto no combate aos incêndios não diminui o dinheiro destinado à prevenção.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Há uma lacuna de cerca de 50% de território não-cadastrado como propriedade rústica. Estima-se também que se desconheçam os donos de cerca de 1/3 da floresta portuguesa. Ano após ano, a criação de um cadastro florestal entra em debate. Terrenos abandonados e a falta de limpeza são uma fatia considerável do problema. A gestão florestal terá de passar pelo funcionamento em pleno de um cadastro, diz o governo, e já disse também o Presidente da República. António Costa atesta a solução.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa já reuniram e já aprovaram um diploma que dá a posse das terras abandonadas às autarquias, a fim de evitar incêndios semelhantes no futuro.O documento deve ser aprovado em reunião ministerial.

O Secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, acredita que não houve falhas no combate aos incêndios. Foi o enorme número de ocorrências que impossibilitou uma melhor resposta.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Está em preparação o Plano de Fogo Controlado, ou seja, a utilização de fogo para reduzir a carga de combustível nos solos (e, assim, a área percorrida pelos incêndios). Junta-se ao Plano de Defesa da Floresta Contra Incêndios, criado há dez anos.

O Fundo de Calamidades da União Europeia pode também ser acionado.

Camila Vidal (aúdio: agência Lusa)

6
15
21
0
GMT
GMT
+0000
2018-04-21T15:21:14+00:00
Sat, 21 Apr 2018 15:21:14 +0000