29/03/16

Adriana Bebiano: “Não podemos ignorar a dimensão religiosa”

adriana bebiano

No Alvorada desta terça-feira (29), o comentário à atualidade nacional e internacional esteve a cargo da Docente da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Adriana Bebiano.

O Centro Histórico da cidade de Coimbra, que tem vindo a ser requalificado nos últimos anos, foi o primeiro assunto a ser comentado pela docente. A ligação da Baixa à Alta de cidade, através das Escadas do Quebra Costas, é um dos exemplos das mudanças feitas.

Adriana Bebiano fala sobre os aspetos habitacionais da Alta de Coimbra, onde se verifica uma desertificação por parte dos estudantes.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, falou ontem ao país acerca da aprovação do Orçamento de Estado. No discurso, o Chefe de Estado enumerou as razões que levaram à promulgação do documento. Adriana Bebiano referiu a forma informal com que o Presidente falou ao país e destacou a relação de proximidade com a população.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No panorama internacional, Angola foi também alvo de atenção por parte da comentadora. Luaty Beirão é hoje o rosto de várias notícias acerca da detenção de 17 ativistas condenados por crimes de “atos preparatórios de rebelião e associação a malfeitores”. Adriana Bebiano comenta o papel do ativista e diz estar curiosa, e com receio, da posição que o Parlamento Português vai tomar perante a situação.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A edição de hoje do Público dá conta da rede jihadista que está espalhada pela Europa. Para a docente, a descentralização da organização é o que dificulta o combate ao terrorismo, tanto na Europa como no continente africano.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

No Alvorada de hoje falou-se ainda acerca da necessidade de reabilitação das Repúblicas universitárias e da importância da partilha de informações entre as forças de segurança no combate ao terrorismo.

Andreia Rodrigues, Inês Marinho e Pedro Barreiro

1
13
05
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-27T13:05:36+00:00
Mon, 27 May 2019 13:05:36 +0000