22/09/15

Requalificação da Beira Rio vai impedir o colapso das margens

A Beira Rio vai sofrer intervenções para impedir a ruína dos muros que separam a estrada do Rio Mondego. O presidente da CMC, Manuel Machado, anunciou ontem durante a reunião camarária, um conjunto de medidas de reabilitação em pontos críticos da cidade.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Manuel Machado adianta em que consistem as intervenções na beira-rio.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

A zona da portagem vai também ser requalificada no âmbito destas intervenções de recuperação da beira-rio. As medidas visam travar a ação do rio sobre os muros que ladeiam o leito do Mondego e cuja ruína é inevitável se nada for feito.

As intervenções contemplam também a outra margem do rio, onde está prevista a construção de um acesso pedonal.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

O estudo do IPN Labgeo e do departamento de Engenharia Civil da Universidade de Coimbra para a requalificação das margens do rio Mondego, e em que se inserem estas intervenções, foi aprovado por unanimidade na reunião de ontem.

Manuel Machado pronunciou-se ainda sobre a requalificação do Estádio Universitário e da criação de uma estrutura artística para assinalar a Praça das Cortes, local histórico inserido no espaço do Estádio Universitário.

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

As obras não contemplam para já a criação de estacionamento nem têm data de conclusão definida. Estima-se que custem cerca de 6,5 milhões de euros.

Maria Eduarda Eloy

 

4
3
26
0
GMT
GMT
+0000
2019-05-23T03:26:00+00:00
Thu, 23 May 2019 03:26:00 +0000