CURSO DE TÉCNICA DE RADIODIFUSÃO

Todos os anos, a RUC lecciona um curso de técnica de radiodifusão que garante o renovamento da sua equipa técnica. O curso destina-se a todos aqueles que têm gosto pelo mundo do som e vontade para aceitar a responsabilidade que é pertencer à equipa que garante as 24 horas diárias de emissão da Rádio Universidade de Coimbra.

O curso começa, antes de mais, com os primeiros conceitos:

– o que é o som (vibrações vs. sinais eléctricos, sinais analógicos vs. digitais);
– tensão, corrente, dB’s, frequência. Fm., Am., o que é o estéreo;
– amplificadores: RIAA, mic, pré-amplificadores e amplificadores de potência;
– microfones (alimentação, ganho, usos, tipos de captação de som);
– balanceamento de sinal, cabo estéreo e balanceado;
– acústica de salas
Depois da introdução ao tema, parte-se então para a panóplia de equipamento que compõe o dia-a-dia da rádio. Deck, revox, prato, CD, DAT, MD, e telefone são os primeiros temas de uma série de aulas teóricas e práticas. É nesta altura que as várias mesas de mistura entram em cena. São focadas as ligações, o rack, as vias mono e estéreo, as saídas gerais, os auxiliares, a equalização, a selecção de saída, PAD, RIAA, e ganhos, e ainda as diferenças entre as várias mesas de mistura. A prática de mesa serve para treinar o aluno a enviar, manipular, e receber sons de/para todos os equipamentos. É dado ainda destaque ao funcionamento do telefone híbrido. Numa rádio em movimento há também que conhecer todo o material de exteriores que a RUC usa nos relatos da Briosa, Queima das Fitas, Latada, Serenatas, Assembleias Magnas, debates, entrevistas, concertos, e emissões especiais. A principal atenção recai sobre o protocolo RDIS usado.

O trabalho mais emocionante começa com a introdução ao software de engenharia de som – funções, sinais no tempo e na frequência, equalizações, modificações de frequência, gravação de sons, colagem, manipulação. É nesta fase que o aluno aprende a elaborar RMs e peças básicas, que podem ser peças de informação, spots, jingles, sinais horários, indicativos de programa ou de estação. Na recta final, o destaque vai o software de gestão da emissão, o ADR – Automatismo de Emissão.

Trata-se de um curso abrangente, que, ao longo de seis meses, consegue fazer a ligação entre os primeiros conceitos e a última tecnologia. Vão sendo feitos exames teóricos e práticos durante os vários módulos, e, no fim, um exame final determina se o aluno está apto a iniciar o seu estágio de técnico. Esta avaliação final é feita com base na prestação face a várias situações práticas, e ainda na apresentação de uma peça de produção (normalmente, um jingle de estação). Durante o estágio, o tutor é um dos técnicos da RUC, que partilha com o aluno o seu horário semanal (de informação ou produção). Ao fim de cerca de cinco meses de estágio, o estagiário está familiarizado com o universo RUC e pronto a ser integrado nesta grande família.

A RUC é a única rádio-escola em Portugal e abre, anualmente, cursos em Outubro/Novembro. As inscrições realizam-se na secretaria.

3
0
18
0
GMT
GMT
+0000
2017-04-26T00:18:07+00:00
Wed, 26 Apr 2017 00:18:07 +0000